Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Não aceito os novos termos de uso do WhatsApp. O que vai acontecer a partir de 15 de maio de 2021?

Não aceito os novos termos de uso do WhatsApp. O que vai acontecer a partir de 15 de maio de 2021?

Compartilhe

Não tem choro a partir de agora. Depois de toda a confusão gerada em janeiro de 2021 com as novas políticas de uso que apareceram do nada, o WhatsApp voltou a informar aos seus usuários que as mesmas novas políticas serão implementadas em 15 de maio de 2021.

Ainda existe muita confusão sobre os novos termos e quais são os impactos práticos dos mesmos quando entrarem em vigor. Como vivemos em um mar de fake news que passam inclusive pelo WhatsApp, entendo que é importante esclarecer como realmente tudo vai acontecer.

Este post também serve para atualizar algumas coisas, mostrando se alguma coisa mudou nos novos termos do WhatsApp de janeiro para cá.

 

 

 

Muito barulho por nada

 

 

Quando as novas políticas de uso do WhatsApp apareceram repentinamente para os usuários em forma de uma notificação que muita gente sequer deu o trabalho de ler, não foram apenas os usuários que leram os novos termos que começaram a reclamar aos quatro ventos.

Vários governos solicitaram ao WhatsApp maiores esclarecimentos, por entenderem que os novos termos poderiam resultar em uma violação de privacidade generalizada. Afinal de contas, estabelecer como obrigatório o uso do mesmo número de telefone no app de mensagens instantâneas e no Facebook era um indício que vários outros dados seriam cruzados entre as plataformas de forma desenfreada.

Na verdade, tudo o que o Mark Zuckerberg queria era promover a conexão entre Facebook e WhatsApp para as conversas… pelo menos na teoria. O grande problema é que a plataforma de mensagens não foi tão eficiente na hora de comunicar as mudanças para o seu grande grupo de usuários.

Ou não quis ser “de propósito”, pois confundir é sempre melhor que explicar. E o próprio menino Zuckerberg sabe muito bem que a grande maioria dos usuários não perdem tempo lendo notificações com textos muito longos, clicando logo em OK tão logo a tela aparece.

Alguns chegaram a acreditar que o WhatsApp iria desistir dos novos termos de uso, mas não foi isso o que aconteceu. Os termos só foram reformulados para não dar a entender que serão demasiadamente invasivos, a estratégia de comunicação foi reformulada e… bola pra frente: novos termos em 15 de maio de 2021.

 

 

 

Por que Zuckerberg quer cruzar os dados do WhatsApp com o Facebook?

 

Segundo o Facebook, isso está acontecendo para, entre outras coisas:

 

  • Melhorar seus serviços e suas plataformas de mensagens.
  • Analisar como os usuários usam os serviços em sua rede.
  • Melhorar a segurança de seus produtos. Neste sentido, trabalharemos para reduzir spam, ameaças, abusos ou qualquer outro tipo de atividade que ultrapasse os limites legais.
  • Melhorar a experiência do usuário em seus serviços. Claro, neste ponto devemos mencionar a personalização publicitária que o Facebook aplica aos seus portais e aplicativos para adaptá-los a cada usuário.
  • Integrar outros serviços do Facebook no WhatsApp. Isso é crucial para que possamos em breve fazer pagamentos a outros usuários ou empresas através do Facebook Pay. Também é necessário para integrar o WhatsApp ao Facebook Messenger.

 

 

 

 

Não quero aceitar os novos termos do WhatsApp. O que vai acontecer?

 

 

Boa pergunta.

Vamos mostrar a seguir o que acontece na prática se você não aceitar os novos termos de uso do WhatsApp. Dessa forma, você obtém mais informações para tomar a melhor decisão para o seu caso.

De acordo com o site oficial do WhatsApp:

 

“Para lhe dar bastante tempo para revisar as alterações em seu próprio ritmo e conveniência, estendemos a data de vigência para 15 de maio. Se você não os aceitou até então, o WhatsApp não apagará sua conta. No entanto, você não terá acesso a todos os recursos do WhatsApp até aceitá-los. Por um curto período, você poderá receber chamadas e notificações, mas não poderá ler ou enviar mensagens do aplicativo.

Você tem as seguintes opções:

  • Você poderá aceitar atualizações mesmo depois de 15 de maio. Nossa política de usuário inativo será aplicada.
  • Antes de 15 de maio, você pode exportar seu histórico de bate-papo no Android ou iPhone e baixar um relatório de sua conta. Se você deseja excluir sua conta no Android, iPhone ou KaiOS, realmente gostaríamos que você reconsiderasse. Esta ação é algo que não podemos reverter, pois limpa seu histórico de mensagens, remove você de todos os seus grupos do WhatsApp e também remove suas cópias de backup.
  • Se precisar de ajuda para baixar o relatório de sua conta ou excluir sua conta, você pode entrar em contato conosco aqui.”

 

 

 

Conclusão

 

Para resumir: a partir de agora, ou você aceita os novos termos de uso do WhatsApp, ou terá que sair da plataforma. Sim ou sim. Logo, pense muito bem se vale a pena sair do comunicador mais utilizado do mundo, ou se é melhor seguir fornecendo ainda mais dados para Mark Zuckerberg saber mais e mais sobre você.

 

 

Via TechCrunch


Compartilhe