Multa de US$ 5 bilhões deixou Mark Zucerberg e acionistas do Facebook MAIS RICOS! | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Multa de US$ 5 bilhões deixou Mark Zucerberg e acionistas do Facebook MAIS RICOS! | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Multa de US$ 5 bilhões deixou Mark Zucerberg e acionistas do Facebook MAIS RICOS!

Multa de US$ 5 bilhões deixou Mark Zucerberg e acionistas do Facebook MAIS RICOS!

Compartilhe

Sabe aquela multa de US$ 5 bilhões que a Comissão Federal do Comércio (FTC) e o Facebook acordaram por conta dos diversos casos de violação de dados? Pois é… o Departamento de Justiça (DoJ) dos EUA precisa ratificá-la, algo que deve acontecer, e a Comissão Europeia também não deve se opor. Mas o simples fato do anúncio da multa em si fez o mercado reagir de forma favorável para Mark Zuckerberg, com máximas esbarrando em recordes históricos.

Quando a multa foi revelada, as ações do Facebook dispararam para um valor de até US$ 206, ficando estáveis ao longo do período. Muitos especialistas afirmam que a alta é um sintoma que a multa vai ter consequências muito menores sobre o futuro da empresa do que muitos imaginavam.

 

 

US$ 5 bilhões de multa foram suficientes?

 

 

O senador democrata de Connecticut Richard Blumenthal afirma que “esta multa de US$ 5 bilhões nem sequer é uma bofetada”. Nesse sentido o que políticos como Elisabeth Warren pedem não é uma multa, mas sim uma divisão da empresa em várias partes que, na prática, permita um maior controle.

Mark Zuckerberg já havia pedido uma maior regulação por parte dos políticos, mas como já foi mencionado, o ideal seria que o próprio Facebook se regulasse internamente para cumprir a lei, especialmente no caso de práticas tão ilegais como as da Cambridge Analytica, onde o CEO afirmou com todas as letras que “se não podemos proteger os seus dados, não merecemos oferecer este serviço”. Desse modo, Zuckerberg reconhece que o problema é grave.

Uma legislação como a RGPD podem ser muito úteis em países onde não existem leis tão restritas e específicas sobre a privacidade e tratamento de dados, mas o problema de casos como o mencionado nesse post é que não são brechas encontradas na lei, mas sim que, em um dado momento, fazem parte do funcionamento normal e corrente da rede social. Mesmo com uma lei vigente e sem maior profundidade, isso deveria ser evitado.

E, no final das contas, Zuckerberg ainda pode sair mais rico de toda essa confusão. O mundo realmente não é justo.

 

Via Bloomberg


Compartilhe