Compartilhe

Não adianta dizer que o Windows 7 vai morrer daqui a oito meses. Os usuários do sistema operacional não estão com a menor pressa de abandonar a versão, mantendo o software instalado em seus equipamentos. O que é péssimo para a Microsoft e para o avanço informático em uma visão mais ampla.

Um estudo de mercado realizado pela empresa NetMarketShare mostra esse comportamento. Enquanto a quota de mercado do Windows 10 segue aumentando em um ritmo lento e constante, a fatia do Windows 7 permanece praticamente inalterada. O Windows 10 passou de 43.62% em março de 2019 para 44.10% em abril de 2019, já o Windows 7 perdeu 0.009% de usuários no período, ficando com 36.43%.

 

 

De forma curiosa, foi apenas em dezembro de 2018 que o Windows 10 ultrapassou o Windows 7 na quota de mercado, e a versão antiga até ganhou usuários em fevereiro de 2019, o que mostra que ainda tem muita gente apegada ao sistema operacional.

Porém, o suporte ao Windows 7 vai chegar ao fim em 14 de janeiro de 2020. Depois disso, apenas os clientes empresariais e do setor da educação vão seguir recebendo o suporte da Microsoft e, ainda assim, pagando taxas adicionais bem altas.

 

 

Enquanto isso, a Microsoft muda as regras para o Windows 10

 

 

É um movimento estranho para um software que precisa conquistar mais usuários. De qualquer forma, a Microsoft decidiu aumentar os requisitos mínimos necessários para rodar o Windows 10 (na versão 1903). Tais requisitos não mudaram desde 2015, mas parece que chegou a hora de implementar mudanças que exigem um hardware mais generoso.

A mudança se torna compreensível quando pensamos que a internet e os softwares utilizados hoje no computador exigem mais do seu hardware do que em 2015, e para garantir um melhor desempenho no Windows 10, é preciso aumentar os requisitos técnicos exigidos. Por outro lado, os computadores com recursos mais humildes e igualmente funcionais com a versão ficarão de fora, o que deve desacelerar o aumento da quota de mercado da versão.

 

Via NetMarketShare


Compartilhe