A Motorola precisa dar uma resposta para se reposicionar de forma mais sólida no mercado Android. E a resposta pode ser no formato de dois novos modelos: Motorola P30 e Motorola P40. E é do segundo modelo que vamos falar nesse post.

Temos algumas informações técnicas sobre o modelo, e as notícias são excelentes para os fãs da marca. O Motorola P40 deve contar com o novo processador da Qualcomm, o Snapdragon 675, que chega acompanhado do Android 9 Pie e uma fantástica câmera traseira de 48 MP.

É a Motorola querendo os holofotes novamente, e a melhor forma que encontra para fazer isso é investindo em um segmento em que a marca vai muito bem: nos smartphones de linha média.

O Motorola P40 (pelo menos no papel) aparenta ser um dispositivo robusto, com a promessa de entregar uma experiência de uso única. O modelo deve chegar com uma tela HD= de 6.2 polegadas, 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno.

A parte fotográfica recebe o já muito destacado sensor traseiro de 48 MP, que vem acompanhado de um sensor secundário de 5 MP, para as fotos com efeito bokeh. Já na câmera frontal, um sensor de 12 MP para dar conta das selfies dos usuários.

 

 

O primeiro smartphone a chegar no mercado com o novo sensor Sony IMX568 de 48 MP será o Xiaomi Redmi Pro 2 (nome provisório, já que a Redmi agora virou uma marca independente), que será apresentado no dia 10 de janeiro.

A Motorola pode eclipsar o modelo da Xiaomi não apenas por causa da generosa câmera. O Motorola P40 deve contar com uma bateria de 4.100 mAh, que trabalhando com um novo processador, deve entregar pelo menos um dia de funcionamento sem maiores problemas.

Não há rumores sobre preços ou datas de lançamento, e isso pode jogar a favor ou contra do Motorola P40. De nada vale ter boas especificações se o preço não for dos mais competitivos.

A Motorola precisa ter em mente sempre que a linha M vai competir diretamente com alguns dos melhores smartphones da Xiaomi, que hoje conta com uma relação custo/benefício quase imbatível.

 

Via GSMArena