Motivos para comprar ou não comprar celulares recondicionados

Compartilhe

Dinheiro não nasce em árvore, mas tem muita gente que, mesmo sabendo disso, quer comprar um smartphone novo. Não podemos culpar essas pessoas, já que vontade é algo que não se explica, e a necessidade de trocar de dispositivo pode ser algo inevitável, especialmente quando o seu smartphone tem uns cinco anos de vida.

Porém, o smartphone não necessariamente precisa ser novo. Muita gente aproveita o final de ano para comprar telefones recondicionados, aproveitando que tem muita gente que acabou adquirindo novos dispositivos na Black Friday e precisa se desfazer do antigo telefone.

Neste post, vamos tentar colocar um pouco de luz e racionalidade na discussão, apresentando os prós e contras na hora de comprar um smartphone recondicionado. Quem sabe esses fatores ajudam ao amigo leitor a tomar a melhor decisão na hora da compra, ou que pelo menos ajude no investimento de um dispositivo que entregue uma relação custo-benefício melhor.

 

 

 

Pontos positivos ao comprar um smartphone recondicionado

 

 

 

A economia como principal diferencial

 

Talvez o mais forte argumento a favor da compra de um dispositivo recondicionado. Ele naturalmente é mais barato que um modelo novo, conta com pelo menos três meses de garantia da empresa que realizou o trabalho de recuperação e, em muitos casos, você vai receber um telefone com estado de novo, com pouquíssimas marcas de uso. Pode ser um grande negócio para quem está disposto a aceitar as limitações desse tipo de compra.

 

 

 

Uma pequena ajuda ao meio ambiente

 

Comprar um smartphone recondicionado significa recolocar no mercado um produto que seria descartado e, em muitos casos, descartado da forma errada. E isso pode resultar em um enorme prejuízo para o meio ambiente. Pense em quanto tempo a natureza leva para se desfazer desses materiais, e você rapidamente conclui que esse tipo de investimento é também uma forma de ajudar a minimizar o impacto ambiental que a indústria de tecnologia pode causar.

 

 

 

 

Pontos negativos ao comprar um smartphone recondicionado

 

 

 

A garantia muda

 

Quando você compra um smartphone novo, você recebe 12 meses de garantia: 3 meses exigidos por lei, e 9 meses oferecidos pelo fabricante. Esse tempo dá uma margem de segurança para o usuário, que corre menos riscos de ter prejuízos em caso de problemas mais sérios a longo prazo. No caso dos smartphones condicionados, a garantir cai para apenas os 3 meses exigidos por lei, e isso pode fazer uma enorme diferença, dependendo do perfil do comprador. Quem usa o smartphone de forma mais intensa deve ficar de olho para este detalhe.

 

 

 

Marcas, rachaduras e outros danos no dispositivo

 

Da mesma forma que disse lá em cima que você pode receber um smartphone com danos mínimos e pouquíssimas marcas de uso, em alguns casos, um smartphone recondicionado pode também contar com marcas de uso que podem incomodar os usuários mais exigentes com esse detalhe. Além disso, algumas empresas que trabalham com esse material também toleram rachaduras e pequenos danos no dispositivo, que são indicados na página de venda do produto, mas que podem espantar os usuários que querem o dispositivo em melhor estado possível para a rotina de uso.


Compartilhe