Wetten.com Brasil Apostas
Home » Notícias » Morreu o Windows 10X (e o Surface Neo talvez)

Morreu o Windows 10X (e o Surface Neo talvez)

Compartilhe

O Windows 10X morreu.

A Microsoft confirmou que não vai lançar o Windows 10X, versão do seu sistema operacional pensado nos dispositivos com tela dupla. Dessa forma, o Surface Neo também deve ir para a vala, acabando com os sonhos de todos que queriam ser produtivos com um notebook com duas telas.

Não sei se era muita audácia da Microsoft tentar oferecer uma proposta mais alternativa para o seu sistema operacional quando a própria prometeu que o Windows 10 seria o último a ser lançado (algo me diz que essa promessa só será quebrada no futuro), mas muitos olhavam para o Windows 10X com bons olhos (eu, inclusive).

 

 

 

E agora? O que será o Windows 10X?

 

 

O corpo vai, mas a sua alma fica de alguma forma.

O Windows 10X como conhecemos foi oficialmente cancelado, mas a Microsoft afirma que vai aproveitar tudo o que aprendeu no desenvolvimento da versão para integrar o que obteve de melhor no Windows 10.

Por exemplo, as novas tecnologias para empacotamento dos aplicativos, uma melhor introdução de texto através do ditado por voz e um novo teclado touch na tela, entre outras coisas.

Era o mínimo que poderia se esperar de uma empresa que passou anos desenvolvendo uma versão de um sistema operacional que vai parar no fundo da gaveta. E, particularmente, espero também que a Microsoft integre algumas das soluções de design encontradas no Windows 10X na versão atual do seu sistema operacional.

 

 

 

Surface Neo ainda tem futuro incerto

 

 

Eu sei que escrevi no começo do artigo que o Surface Neo também está cancelado, mas na prática a Microsoft ainda não se pronunciou oficialmente sobre ele. Por enquanto, quem morreu mesmo foi o Windows 10X.

Por outro lado, não foi um exagero da minha parte fazer tal afirmação da morte do Surface Neo. Afinal de contas, o software iria utilizar todas as características e potencial do finado sistema operacional da gigante de Redmond. Logo, sua razão para existir morre com o Windows 10X.

De qualquer forma, espero que a Microsoft não abandone a ideia de deixar o Windows 10 mais leve e simplificado. Isso seria excelente para expandir a adoção do sistema operacional junto ao grande público. Mesmo que isso signifique nunca mais ver o Surface Neo no mercado.

Muitos imaginavam que o Windows 10X seria o rival do Chrome OS, e potencial para isso ele tinha. Principalmente na sua característica mais latente: a integração com equipamentos mais modestos e menos potentes que os notebooks de hoje. Também esperavam um maior uso das Progressive Web Apps instaláveis a partir do navegador Microsoft Edge, e o modo maximizado dos aplicativos por padrão, aproveitando o espaço em tela.

Algumas dessas soluções devem chegar ao Windows 10 em futuras atualizações, incluindo mudanças na interface que devem chegar durante a nossa primavera (segundo semestre de 2021). Mas é uma pena ver o Windows 10X morrer dessa forma.

O menino era promissor. De verdade.

 

 

Via Microsoft


Compartilhe