De acordo com um recente estudo no Reino Unido, a maioria das pessoas com idades entre 18 e 24 anos preferem utilizar a Amazon e o PayPal para suas transações do que os bancos.

O principal argumento é a maior confiabilidade nessas duas empresas do que nos bancos, no que se refere às informações pessoas que as mesmas possuem sobre eles, entendendo que Amazon e PayPal conseguem proteger melhor os dados dos seus clientes.

Foram 2 mil entrevistados no estudo britânico e, teoricamente, o mesmo deve acontecer nos EUA, onde os millennials também preferem entregar os seus dados a serviços financeiros da Google, Amazon ou PayPal do que aos bancos.

A preferência também se explica pelas dificuldades encontradas nas plataformas bancárias. Impossibilidade de acesso à conta e complicações no gerenciamento são os motivos relatados pelos entrevistados.

A questão da segurança dos dados está mais do que em evidência. O escândalo do Facebook com a Cambridge Analytica foi, de alguma forma, benéfico para o mundo da tecnologia, levantando novas questões sobre um tema muito relevante.

E, como podemos ver, o comportamento das novas gerações reforça essa maior preocupação. Ainda mais quando tem dinheiro envolvido na jogada.

 

Via Business Insider