Compartilhe

Todo mundo sabe que o PS4 derrotou com facilidade o Xbox One na atual geração de consoles. A Microsoft não gostou disso, e está disposta a apostar pesado no seu futuro dentro do segmento de videogames.

No The Game Awards 2018, Phil Spencer afirmou que 2019 será um ano muito importante para a divisão de games da Microsoft, com lançamentos como Crackdown 3 e Gears of War 5. Reforçou que a empresa estará presente na E3, e projeta um ano ainda melhor para a empresa.

A empolgação é um pouco evidente demais para a Microsoft, que ainda promete jogos como Will of the Wisps e Ori. Porém, fica a dúvida se são jogos bons o suficiente para bater os exclusivos da Sony, como Death Stranding e Days Gone?

De forma curiosa, o ano de 2018 foi bem positivo para a Microsoft para as suas aspirações para os movimentos futuros. A empresa comprou vários estúdios de jogos, o que pode aumentar o portfólio da marca. Porém, não sabemos qual é o objetivo real dessas compras, e a E3 2019 deve apresentar as primeiras pistas sobre esse tema.

Agora, a Microsoft tem nas suas mãos estúdios como Ninja Theory, Undead Labs e Playground Games, que contam com experiência na área e lançamentos muito badalados no passado.

Agora, tudo indica que a Microsoft está se preparando para adquirir na Ready at Dawn!, estúdio que tem relações bem próximas com a Sony e responsável pelos jogos The Order: 1886 e os jogos de God of War para PSP.

 

 

Já a Sony parece preferir o silêncio…

Muitos esperavam que Shawn Layden, chefe do departamento de jogos da Sony, fizesse um discurso destruindo a concorrência, ao mesmo tempo que apresentaria um preview do que está por vir. Porém, nada foi dito, e tudo indica que os cartuchos estão guardados para serem utilizados em 2019.

Um indício claro disso é que Layden respondeu para um decepcionado fã que o questionou no Twitter sobre o futuro da Sony no mundo de games, e a resposta foi um “Nos vemos no ano que vem”.


Compartilhe