Compartilhe

Surface Laptop

 

Depois de um grande vazamento na web, a Microsoft anunciou oficialmente o novo Microsoft Surface Laptop, declarando assim guerra aos Chromebooks.

Não só em design e especificações atraentes. O dispositivo é baseado no Windows 10 S, que só executa aplicativos baixados a partir da Windows Store.

O design dos novos notebooks da Microsoft herda muitas características do Surface Book e do Surface Pro 4. O Surface Laptop está disponível em quatro cores, com um teclado que segue a linha daquele presente na Type Cover do Surface, com o uso de Alcântara, material utilizado em volantes e para-brisas de alguns carros de luxo, mesclando poliéster com poliuretano da empresa italiana Alcantara SpA.

 

 

Uma das singularidades do Surface Laptop é a ausência de portas USB Type-C, adotando a USB convencional e uma DisplayPort, além do conector de rede elétrica convencional (e proprietário).

Isso resulta em menor espessura do notebook (14.47 mm na parte mais grossa) e também maior leveza, com peso de 1.25 kg.

Nas especificações, temos uma tela de 13.5 polegadas (1080p, 3:2) com tecnologia PixelSense, que permite o suporte touch com stylus, cobrando especial sentido no Windows 10 S.

No seu interior, encontramos processadores Intel Core i5 e i7 de sétima geração (Kaby Lake), que ajudam a entregar uma autonomia de bateria de até 14 horas e meia de uso. No modelo básico, temos um Core i5, 4 GB de RAM e 128 GB de SSD. Os portáteis podem receber unidades de até 1 TB de capacidade.

O teclado conta com 1.5 mm de percurso de acionamento, e é retroiluminado. O notebook é compatível com o Microsoft Dial, permitindo assim a interação com o acessório com os mais diversos programas.

O Microsoft Surface Laptop tem preço inicial sugerido de US$ 999, e chega ao mercado no dia 15 de junho. Não estão definidas as regiões do planeta onde o produto será comercializado. Os estudantes podem instalar o Windows 10 Pro sem custos adicionais.

 

 


Compartilhe