Microsoft simplifica informações sobre atualizações do Windows 10

Compartilhe

Por incrível que pareça, a regra “atualize sempre que possível” não se aplica ao Windows, principalmente nos últimos anos. Alguma coisa de muito errada está acontecendo com a Microsoft, que não está acertando nas últimas atualizações do Windows 10, que chegam aos computadores com problemas que não são detectados durante a sua fase de testes.

Uma das formas que a Microsoft quer solucionar esse problema é reduzindo as atualizações de duas para apenas uma por ano, dando assim mais tempo para testes e correções. Até lá, vale a pena ter um pouco de paciência e esperar algumas semanas antes de instalar uma atualização do Windows 10 que acabou de chegar no seu computador.

Porém, tem gente que abusa na prudência, e fica meses sem atualizar o Windows, deixando de fora updates de segurança que são importantes para a integridade do sistema operacional e dos seus dados pessoais. E esse é um erro grosseiro.

Uma das coisas que tal medida irresponsável pode resultar é justamente na impossibilidade de instalar atualizações futuras no Windows, pois tais updates dependem de versões específicas para funcionar. A Microsoft está pensando nesse povo, e trabalha em medidas para acelerar o processo de validação das versões do Windows que, por sua vez, vão depender das atualizações.

Por outro lado, existe um grande problema de comunicação por parte da Microsoft, que não informa de forma adequada os usuários sobre a importância dos updates e sua validade para que o Windows 10 continue a funcionar de forma correta.

Agora, ao menos a Microsoft está informando qual é o prazo estimado para que o usuário atualize os seus equipamentos, o que já é uma grande coisa.

 

 

 

Informações mais acessíveis sobre as atualizações

 

A Microsoft criou um site onde vem publicando informações sobre o status de atualizações do Windows, onde informa em primeira mão os conflitos detectados nas versões, ou o que pode impedir uma atualização do sistema operacional ou falhas que podem produzir um comportamento irregular ao sistema.

Mesmo assim, em muitos casos, isso não é o suficiente. Por isso, a Microsoft está trabalhando em uma nova função do Windows Update, que vai informar os motivos pelos quais todas ou determinadas atualizações do Windows não estão chegando ao sistema operacional, tal e como deveriam.

Para entender essas informações, é preciso saber que as atualizações do Windows são liberadas em blocos que, por sua vez, estão relacionados ao hardware dos dispositivos. Logo, a Microsoft deve buscar o ponto de equilíbrio entre oferecer mais informações sem saturar o usuário com uma abordagem muito técnica.

Nesse caso, muitas informações podem ter o mesmo efeito que não oferecer informação alguma.

É bem provável que a nova função de informação sobre as atualizações do Windows não chegue a tempo do lançamento do Windows 10 20H2. Mas se a Microsoft realmente optar por apenas uma grande atualização por ano, muito provavelmente o recurso estaria ativo no próximo update.

Fato é que a atitude da Microsoft é até louvável, mas pode ser um grande tiro no pé. Vamos dar tempo ao tempo e esperar para ver o que acontece. Lembre-se sempre que a grande massa de usuários de tecnologia tem um conhecimento limitado, e é obrigação dos desenvolvedores simplificar a linguagem para transmitir as informações de forma adequada e acessível.

 

 

Via Softpedia


Compartilhe