Microsoft libera os Power Toys do Windows 95 para o Windows 10 no GitHub | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Microsoft libera os Power Toys do Windows 95 para o Windows 10 no GitHub | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Microsoft libera os Power Toys do Windows 95 para o Windows 10 no GitHub

Microsoft libera os Power Toys do Windows 95 para o Windows 10 no GitHub

Compartilhe

A Microsoft publicou a primeira versão do Power Toys para Windows 10, através de código aberto no GitHub, incluindo as primeiras ferramentas.

O Windows 95 não seria o mesmo sem essas ferramentas preparadas pela Microsoft, que melhoravam as ferramentas nativas do sistema e os controles integrados do Windows. Uma segunda versão do Power Toys foi publicada para Windows XP em 2002, e agora ele chega ao Windows 10, para oferecer uma maior personalização e produtividade em diversas tarefas.

 

 

Deixando o Windows mais versátil desde a segunda metade da década de 90

 

 

A versão V0.11 do Power Toys já está disponível, e além do código fonte, temos a documentação para desenvolvedores ou usuários avançados possam criar suas próprias utilidades, além de um instalador que oferece acesso ao serviço e aos dois primeiros aplicativos.

A interface de usuário mostra todas as ferramentas individuais instaladas, permite habilitar e desabilitar, além de oferecer configurações para cada utilidade. Para suspender o serviço, faça um clique com o botão direito do mouse no ícone da bandeja.

 

 

A primeira das utilidades é um Guia de atalhos direitos do teclado, que oferece um conjunto dinâmico de acessos diretos das teclas do Windows que são aplicáveis para o desktop e janela atual ativa.

A segunda ferramenta é a FancyZone, um administrador de janelas desenvolvido para facilitar a organização e o seu ajuste melhorando os fluxos de trabalho, além de restaurar os designs rapidamente. Como ele, você pode definir um conjunto de localizações de janela para um desktop.

 

 

Para começar, são apenas duas ferramentas. Mas a Microsoft considera incluir outras como:

Gerenciador de janelas completo.
Substituição de «Win + R» que dá acesso ao comando Executar.
Aprimoramento da combinação “Alt + Tab” para alterar a guia ativa, incluindo as guias do navegador e procurar aplicativos em execução.
Rastreador de bateria.
Melhorias para renomear arquivos em lote.
Mudanças rápidas de resolução na barra de tarefas.
Melhorias para CMD e Powershell.

 

Desde o seu anúncio, mais de 4.000 desenvolvedores participaram no repositório do projeto no GitHub. A Microsoft adicionou a documentação, arquitetura do projeto e as ferramentas necessárias para “formar uma comunidade” em torno das Power Toys.

Lembrando: o Power Toys para Windows 10 está disponível no GitHub.

 


Compartilhe