Compartilhe

Um lançamento para os nostálgicos (ou para revelar a idade dos mais velhos que escrevem sobre tecnologia hoje na internet).

A Microsoft liberou o código fonte do mítico Administrador de Arquivos do Windows 3.0, aplicativo que ordenava as pastas do computador à moda antiga, utilizando um modelo de árvore escalonada, onde pastas e subpastas caíam em cascata que, em alguns casos, eram intermináveis.

Esta foi a primeira interface visual que a Microsoft utilizou para substituir as linhas de comando do MS-DOS, e perdurou até 1999, quando o Windows 95 apresentou o novo explorador de arquivos, com a interface de pastas que conhecemos hoje.

Hoje em dia seria impensável utilizar esse modo de gerenciamento (mas agora você pode tentar, só para saber como é), já que o número de pastas e arquivos em um sistema operacional aumentou de forma exponencial.

De qualquer forma, mostra um momento importante da informática, onde os usuários ‘old school’ tinham que realizar um certo trabalho braçal para encontrar seus arquivos. Lembrando que o principal concorrente do Administrador de Arquivos na época era o igualmente mítico Norton Commander.

O Administrador de Arquivos do Windows (ou WinFile) está disponível para download de graça através de uma licença MIT, a partir desse link do GitHub. Antes, é preciso compilar o instalador no Visual Studio, de modo que os menos experientes deveriam esperar que alguém compile uma versão final do aplicativo, onde bastaria executá-lo para utlizar seus recursos e funcionalidades.

 

Via TechCrunch


Compartilhe