Na semana passada, muita gente se questionou por que a conta oficial da Microsoft no Twitter estava promovendo o Windows 1.0 em pleno 2019. Muitos acabaram conectando as pontas soltas, afirmando que esta seria uma estratégia promocional para promover a terceira temporada da série Stranger Things (Netflix). E esse povo todo estava completamente certo.

 

 

 

Salve Hawkings com a ajuda do Windows

 

 

O Windows 1.0 foi lançado em 1985, o mesmo ano em que a terceira temporada da série está ambientada. Para celebrar a chegada dos novos episódios, a Microsoft lançou uma versão desse sistema operacional (Windows 1.11 – eleven, entendeu?) bem especial.

Poucas coisas nesse mundo lembram mais os anos 80 do que as primeiras versões do Windows. E a Microsoft soube aproveitar o hype que a série da Netflix gera na internet, lançando um aplicativo que entrega para qualquer pessoa a experiência de utilizar um computador do passado.

O app é uma espécie de Windows 1.0 que foi criado para “o outro lado” que vemos na série. A Microsoft convida os usuários a tentar resolver vários puzzles e minijogos, onde teremos que trabalhar com os personagens protagonistas de Stranger Things.

A descrição do aplicativo já deixa claro que esta é uma versão inspirada na série, cheia de surpresas e segredos:

“Com o Windows 1.11, experimente a nostalgia de 1985 com um app edição especial inspirado em Windows 1.0 e Stranger Things 3. Jogue, descubra pistas, easter eggs e desbloqueie os segredos e o conteúdo único de Stranger Things 3.”

 

 

A premissa é bem simples: algo estranho está acontecendo na cidade de Hawkings (novidade…), e você precisa utilizar o Windows 1.11 para tentar salvar o planeta. Para isso, você conta com a ajuda de ferramentas como Paint ou Terminal.

O aplicativo pesa mais de 700 megas e possui download gratuito, mas (pelo menos por enquanto) só está disponível na loja da Microsoft nos Estados Unidos. Vamos esperar por um lançamento para outros países.