A última atualização cumulativa do Windows 10 entregou um aplicativo para determinados dispositivos de forma não autorizada, o que gerou revolta por parte dos usuários.

O aplicativo Suplementos Fotografias foi instalado em alguns dispositivos sem a autorização do usuário, junto com a atualização cumulativa do dia 10 de outubro. Os usuários manifestaram sua insatisfação nos comentários do aplicativo na loja de apps do Windows, considerando a manobra abusiva e desrespeitosa.

 

 

Não foi informado muita coisa sobre o aplicativo ou o que ele faz. Só sabemos que ele é um suplemento do app de fotografias. Não consta na lista de apps instalados, e funcionará em simbiose com o aplicativo principal de Fotografias do Windows 10.

Os aplicativos de suplemento oferecem novas capacidades e funcionalidades aos aplicativos principais. O suplemento em questão tem 161 MB de tamanho, e foi desenvolvido para funcionar em PC, tablets, smartphones, HoloLens e Surface Hub.

 

 

Um suplemento de aplicativo parece ser algo inofensivo aos usuários. Por outro lado, não seria ruim se a Microsoft avisasse aos usuários sobre a instalação desse item, evitando a desconfiança e revolta que se viu nas avaliações do aplicativo.

 

Via Microsoft