Wetten.com Brasil Apostas
Home » Internet » Assim é o novo Messenger Rooms

Assim é o novo Messenger Rooms

Compartilhe

É claro que o Facebook Messenger em algum momento ia entrar na briga com o Zoom e as demais plataformas de chamadas de vídeo em grupo. E isso acontece com o Messenger Rooms, sua alternativa que “pega emprestado” quase tudo o que os demais oferecem de melhor.

Com ele, você pode criar chamadas de vídeo em grupo sem limite de tempo e com até 50 pessoas ao mesmo tempo, colocando debaixo do mesmo tempo usuários dos principais serviços de Mark Zuckerberg: Facebook, Instagram e WhatsApp. E, é claro, você pode acessar essas chamadas mesmo que você não possua nenhuma conta nesses serviços (algo bem difícil para os dias de hoje).

 

 

 

Uma solução para unificar todas as plataformas

 

 

A concorrência tenta aproveitar esse momento em que o Zoom perde tempo e terreno para melhorar os seus aspectos de segurança. E o Facebook não podia ficar de fora dessa competição. A maior rede social do mundo (e dona dos apps de mensagens instantâneas para smartphones mais populares) encontrou no Messenger Rooms a sua solução. A plataforma deve ficar ativa de forma definitiva em breve, e vai se expandindo nos diferentes mercados globais ao longo das próximas semanas.

O Messenger Rooms permite a criação de uma sala de videoconferência para comportar até 50 usuários de forma simultânea. Para iniciar essas chamadas de vídeo em grupo, você começa no Facebook ou Facebook Messenger, mas isso deve ampliar em um futuro próximo para que Instagram Direct, WhatsApp ou os dispositivos Portal façam o mesmo.

 

 

Uma vez iniciada a chamada de vídeo em grupo, você pode adicionar na chamada usuários com contas no Facebook, Messenger, WhatsApp e Instagram. Você também pode adicionar usuários que não tenham conta em nenhum dos serviços: basta que eles recebam o link de conexão. A plataforma não terá um limite de tempo para as chamadas, o que é sempre ótimo.

 

 

 

Sem aplicativo, codificado e com acesso a partir de qualquer lugar

 

 

Você pode acessar as chamadas de vídeo em grupo no Messenger Rooms no smartphone ou no computador pessoal, dispensando o uso de um aplicativo para isso, já que ele funciona em qualquer navegador. Também é possível usar a partir do Portal, dispositivo com tela para a casa que já está disponível no mercado.

Na parte de segurança, o Facebook garante que as chamadas de vídeo em grupo do Messenger Rooms estão condificadas, tanto em modo local como em modo ponta a ponta, onde o controle das chamadas estão nas mãos do criador de cada uma das salas múltiplas. Os criadores também podem compartilhar o link da chamada com quem quiser, e expulsar qualquer pessoa quando considerar necessário. O criador também pode decidir se quer criar salas abertas ou fechadas e adicionar uma senha de acesso das mesmas.

 

 

 

Conversas codificadas de ponta a ponta

 

 

Quem entra nas chamadas em vídeo também contam com algum poder nas medidas de segurança, informando para a plataforma se aquela chamada está transmitindo conteúdos ilícitos ou que atentem contra a privacidade de outros usuários. O próprio Facebook não poderá acessar o conteúdo das chamadas porque as mesmas são codificadas, de modo que a plataforma terá que confiar nos usuários para manter a ordem nas conversas.

Se você conta com o app de realidade aumentada do Facebook Messenger, você pode personalizar suas chamadas com fundos de 360 graus e até 14 filtros disponíveis.

 

 

O Messenger Rooms chegará ao mercado nos próximos dias, e vai levar algumas semanas para chegar a todo o planeta. O Facebook vai liberando o serviço aos poucos, começando com 17 usuários ao mesmo tempo na chamada, até chegar nos 50 usuários prometidos como o máximo possível.

 

 

Via Facebook


Compartilhe