A Xiaomi afirma que o mecanismo deslizante do Xiaomi Mi Mix 3 pode aguentar 300 mil acionamentos. Porém, de acordo com algumas análises recentes, a coisa pode não ser bem assim.

Mas não se preocupe. Trago boas notícias.

Uma medição externa realizada pelo Digital Tail afirma que, depois de mais de 350 mil acionamentos do mecanismo de deslizamento de tela, o Xiaomi Mi Mix 3 seguia funcionando sem problemas. Logo, podemos imaginar que a marca de 300 mil acionamentos pode ser um valor mínimo.

O Xiaomi Mi Mix 3 conta com uma estrutura deslizante com ímas que convertem a força magnética e oferece uma maior resistência ao mecanismo deslizante da tela. O sistema resulta em um dispositivo com uma tela totalmente imersiva e sem notch.

Para quem não sabe (ou simplesmente não quer) fazer contas, 300 mil acionamentos devem ser mais que suficientes para qualquer usuário. Se você deslizar a tela 100 vezes por dia (o que é muito para qualquer pessoa, incluindo os fanáticos por selfies), o Xiaomi Mi Mix 3 vai aguentar por oito anos sem problemas.

O sistema esconde uma câmera frontal dupla de 24 MP + 24 MP. Ou seja, por mais que este seja um conjunto fotográfico muito bom para as selfies, é muito pouco provável que você vai deslizar a tela 100 vezes por dia. Menos provável ainda é você utilizar um smartphone por oito anos.

Apenas como referência: o mecanismo motorizado do Oppo Find X também aguenta 300 mil acionamentos. Porém, nesse caso, o mecanismo é ativado a cada vez que desbloqueamos o smartphone, já que o telefone não conta com um leitor de digitais para identificação biométrica, ficando apenas com o reconhecimento facial com as câmeras frontais… que ficam ocultas atrás do mecanismo deslizante.

Resumo da ópera: se você está pensando em comprar o Xiaomi Mi Mix 3 e se preocupa com a resistência do dispositivo, pode ficar tranquilo.

 

 

 

Via Digital Tail, GizChina