Compartilhe

A Marshall é uma daquelas marcas icônicas, que é uma referência para todo o segmento da música. Tal idolatria só aumentou quando Pete Townshend destruiu vários alto-falantes da marca com a sua guitarra. E ver um dos seus produtos sempre causa sentimentos especiais com os amantes da música.

A empresa sabe disso, e agora oferece a possibilidade quase única de ter um dos seus alto-falantes dentro de sua casa, escritório, armário estante ou onde quiser. Em dimensões diminutas, mas está valendo. O Marshall Uxbridge Voice não é o primeiro alto-falante da Marshall para o mercado doméstico, masa é o mais barato entre os desenvolvidos especificamente para esse público até agora, com exceção do modelo portátil Stockwell II, com quem compartilha o preço de US$ 199.

Por outro lado, é preciso levar em consideração que o Marshall Uxbridge Voice é uma solução de mobilidade, mais pensada em acompanhar o usuário em viagens, saídas para deslocamentos rápidos e outras situações que envolvem o seu uso doméstico ou no trabalho, em uma localização específica.

 

 

 

Marshall Uxbridge Voice: principais características

 

 

A primeira coisa que chama a atenção no Marshall Uxbridge Voice é o seu tamanho reduzido quando comparamos ele com os demais alto-falantes da marca: 12.8 x 16.8 x 12.3 cm e peso de 1.39 kg. No seu interior, encontramos um woofer e um tweeter, ambos alimentados por um amplificador Classe D de 30 watts, que são mais que suficientes para as necessidades mais comuns do entorno doméstico. Uma vez que este não é um dispositivo pensado especificamente para ser portátil, ele usa uma alimentação externa e não conta com bateria, o que é uma pena.

Na parte de conectividade, o Marshall Uxbridge Voice é compatível com o assistente de voz inteligente Amazon Alexa, assim como com o Airplay 2 e o Spotify Connect. Para todos esses recursos, o produto conta com WiFi e Bluetooth 5.0. Também é possível encontrar uma versão onde é possível substituir o assistente da Amazon pelo Google Assistente, para aqueles usuários que optarem por esse software.

 

 

Uma das principais vantagens que oferece a compatibilidade do Marshall Uxbridge Voice tanto com o Alexa como com o Airplay 2 é que se você conta com mais alto-falantes do mesmo fabricante, é possível criar esquemas de som com eles, tanto para um como com vários cômodos. Desse modo, o aplicativo para smartphone pode gerenciar cada um deles, permitindo a criação de diferentes esquemas de sons e, a cada momento, selecionar qual alto-falante devemos utilizar em diferentes momentos.

O Marshall Uxbridge Voice é uma espécie de sonho de consumo para toda e qualquer pessoa que gosta de um áudio de alta qualidade, mas conta com espaços físicos reduzidos. Também parece ser uma interessante alternativa para quem quer integrar vários alto-falantes em uma mesma casa ou escritório, em esquemas de áudio sem fio interconectados via WiFi ou Bluetooth.

 

 

A chegada do Marshall Uxbridge Voice está prevista para o dia 8 de abril, em duas cores (branco e preto) e em duas versões previamente mencionadas (com Amazon Alexa e Google Assistente). O produto já está disponível para reserva no site do fabricante, e quem fizer a reserva antecipada recebe de presente os fones de ouvido Marshall Major III Bluetooth Black.

 

 

Via Marshall


Compartilhe