TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Mark Zuckerberg fala sobre o escândalo com a Cambridge Analytica | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Mark Zuckerberg fala sobre o escândalo com a Cambridge Analytica

Mark Zuckerberg fala sobre o escândalo com a Cambridge Analytica

Compartilhe

E Mark Zuckerberg falou!

O CEO do Facebook respondeu sobre o maior escândalo de sua história, onde a rede social é acusada (com provas) de permitir a coleta de dados de mais de 50 milhões de perfis com o objetivo de orquestrar campanhas políticas por encomenda, via Cambridge Analytica.

Zuck não pediu desculpas (usando essa palavra), mas se comprometeu a trabalhar duro para proteger a privacidade dos seus usuários diante de novos abusos desse tipo. Ou seja, para ele, a culpa maior não foi do Facebook, mas sim daqueles que se aproveitaram da sua plataforma.

 

“Isso foi um abuso de confiança entre a Kogan, a Cambridge Analytica e o Facebook. Mas também foi um abuso de confiança entre o Facebook e as pessoas que compartilham dados conosco, e esperam que as protegemos. Precisamos corrigir isso.

(…)

Eu iniciei o Facebook, e no final, eu sou o responsável pelo o que acontece nessa plataforma.”

 

Dessa forma, Zuckerberge tenta acalmar as coisas, mas não convence por completo. Ao longo do comunicado, não encontramos as palavras “desculpa” ou “perdão”, já que tudo se concentra em explicar o que significa o Facebook e como os outros abusaram dele e de sua confiança.

Já Sheryl Sandberg (diretora de operações da rede social) pede desculpas, se comprometendo a tomar medidas efetivas: “Sabemos que isso foi um grande abuso de confiança dos nossos usuários, e lamento profundamente em não ter feito o suficiente para enfrentar isso”.

Já sabemos o que o Facebook pensa em fazer daqui pra frente, mas não há qualquer menção do porquê tudo aconteceu, se eles já sabiam e por que permitiram isso. Se o Facebook tem uma política que não permite que aplicativos compartilhem os dados dos usuários, por que a Cambridge Analytica pulou essa restrição, e porque isso não é investigado a fundo quando a Cambridge garante ter eliminado os dados obtidos?

Enfim, entre as promessas feitas por Zuckerberg (quase em tom de campanha política), temos um plano de três pontos:

1. Os desenvolvedores perderão o acesso aos dados do usuário se o mesmo não utilizou esse aplicativo em três meses. Terá uma redução da quantidade de informações que o aplicativo obtém quando o usuário inicia a seção.

2. Todos os aplicativos que se permitiu obter dados serão investigados. Tanto aqueles que pegaram dados do usuário como dos seus amigos. Também serão notificados os usuários afetados se encontrarem algum problema.

3. Trabalharão em garantir que as pessoas compreendem quem tem acesso aos seus dados, mostrando a todos uma ferramenta na parte superior do feed de notícias, que estará disponível já no mês que vem, que também servirá para revocar permissões de forma simples.

“Sei que levarei tempo para solucionar todos esses problemas, mais do que gostaríamos, mas eu prometo que trabalharemos nisso e construiremos um melhor serviço a longo prazo.”, concluiu Mark Zuckerberg.

 

Via Mark Zuckerberg (Facebook)


Compartilhe