Wetten.com Brasil Apostas
Home » Notebooks, Ultrabooks e Conversíveis » Macbook Pro (2020), com Apple M1

Macbook Pro (2020), com Apple M1

Compartilhe

Os novos MacBook Pro (2020) com os novos processadores Apple M1 são uma realidade, e prometem quase o triplo de desempenho em comparação com a geração anterior, uma autonomia de bateria de 20 horas (10 horas a mais que o seu antecessor) e todas as garantias de um desempenho máximo para os profissionais.

Mas… o que mais ele tem para custar o preço do nosso rim no mercado negro?

 

 

 

Até 2.8 vezes mais rápido que a concorrência

 

 

De novo, o Apple M1 é o protagonista máximo em um notebook que não mudou no seu design em relação ao modelo anterior. As mudanças internas do novo processador octa-core resultam em um ganho de desempenho em todos os tipos de cenários, indo da compilação de software para os desenvolvedores até a edição de fotos e conversão de vídeos.

Sua GPU octa-core é cinco vezes mais potente que o seu equivalente da geração anterior, e o novo MacBook Pro (2020) promete ser “até três vezes mais rápido que os computadores Windows mais vendidos de sua categoria”.

Mas quem diz isso é a Apple. Vamos descobrir a verdade nos testes práticos.

 

 

 

Uma autonomia sem precedentes

 

 

A principal mudança interna do MacBook Pro (2020) (depois do processador) está na bateria. Os novos chips M1 entregam uma eficiência total que alcança as 17 horas de navegação web via WiFi, e até 20 horas de reprodução de vídeos.

É o dobro de autonomia da geração anterior, a maior já vista na história do Mac, considerando todos os modelos lançados até agora. Ou seja, entrega um dia de uso longe da tomada com certa folga.

 

 

 

Conectividade melhorada para as conferências de vídeo

 

 

O novo processador Apple M1 também representa um diferencial nas chamadas de vídeo, já que o processador de sinal de imagem ou ISP desse novo chip entregam uma transmissão de vídeo mais precisa e com mais detalhes, corrigindo e melhorando a imagem em cenários com baixa luminosidade.

As melhorias também afetam os microfones, que agora vão entregar um áudio “com qualidade de estúdio”, tanto na gravação como na realização das chamadas.

Por fim, o portátil conta com duas portas Thunderbolt com suporte ao USB 4, permitindo a conexão de monitores Pro Display XDR da Apple, com uso na resolução nativa de 6K sem maiores problemas.

 

 

 

MacBook Pro (2020): preços

 

Os novos MacBook Pro (2020) chegam ao mercado até o dia 18 de novembro. No Brasil, seus preços variam entre R$ 17.299,00 e R$ 26.399,00 (para o modelo de 13 polegadas) e R$ 30.299,00 e R$ 35.299,00 (para o modelo de 16 polegadas). Para os corajosos que decidirem pagar a vista, tem 10% de desconto.

 

 

Via Apple


Compartilhe