A Apple lançou em 2018 o MacBook Pro de 15 polegadas, com processador Intel Core i9-8950HK a 2.9 GHz (4.2 GH em modo Turbo) e 32 GB de RAM. Muita potência e desempenho, trabalhando com várias capacidades de armazenamento.

Tudo isso em um equipamento muito fino e leve. E agora, muitos sofrem as consequências das escolhas. Alguns usuários relatam na internet os testes feitos com o MacBook Pro 2018, com resultados bem interessantes.

O youtuber Dave Lee compartilhou alguns dos problemas inesperados que ele observou no seu MacBook Pro 2018. Para começar, o novo modelo não é mais rápido que o antecessor, mesmo contando com um processador melhor.

 

 

O MacBook Pro 2017 com um processador Core i7 consegue ser mais rápido que o novo modelo com Core i9. Mas o mais sério de tudo isso é que, em um ambiente refrigerado, o desempenho do MacBook Pro 2018 subiu, com o Core i9 trabalhando no desempenho máximo, e sem superaquecimento.

 

 

Algo bizarro, levando em conta que estamos falando da Apple, que sempre teve muito cuidado com esses detalhes. Resta saber o que a empresa vai fazer sobre o assunto, e como eles vão lidar com essa situação inusitada.

 

 

 

+info