TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia MacBook Air (2022) com chip M2 tem notch e é bem mais caro | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notebooks, Ultrabooks e Conversíveis | MacBook Air (2022) com chip M2 tem notch e é bem mais caro

MacBook Air (2022) com chip M2 tem notch e é bem mais caro

Compartilhe

Será que a chegada do novo MacBook Air (2022) com o chip M2 pode levar ao desespero todos aqueles que compraram o seu equivalente com o chip M1?

Essa é uma pergunta que passa pela cabeça de muita gente quando fica sabendo que a Apple apresentou uma nova versão do seu notebook ultrafino com um hardware atualizado. Mas só podemos ter uma conclusão mais precisa quando obtemos as informações adequadas sobre o dispositivo em questão.

Neste post, vamos apresentar as principais características do MacBook Air (2022) com o novo chip M2. E se você ainda não comprou o MacBook Air com o chip M1, vale a pena gastar alguns minutos lendo este post para, quem sabe, economizar algum dinheiro que poderia ser jogado fora.

 

 

 

Novo design e um novo processador, para se distanciar dos seus predecessores

A Apple redesenhou o MacBook Air (2022), deixando o notebook ainda mais fino (apenas 11 mm de espessura) e leve (ele pesa menos de 1.3 kg). O modelo aposta nas linhas retas e um estilo mais sóbrio, com quatro opções de cores (prata, cinza espacial, starlight e midnight).

Uma coisa que ele herda dos modelos de notebooks da Apple lançados no ano passado e pode ser considerado algo detestável e hediondo por algumas pessoas com bom gosto na vida (eu, por exemplo) é o notch na tela de 13.6 polegadas. Algo que (infelizmente) será uma tendência no segmento, já que todas as demais empresas copiam a gigante de Cupertino em (quase) tudo.

Por outro lado, essa tela conta com até 500 nits de brilho, o que indica que ela será bem vinda naquelas tardes onde você quer fingir que trabalha no parque.

O chip M2 mantém a sua aposta de desempenho por watt, entregando uma alta produtividade e, ao mesmo tempo, uma longa autonomia de bateria. São 8 núcleos de CPU e 10 núcleos de GPU, e isso deve bastar para que ele seja ainda mais poderoso por mais tempo longe da tomada.

O novo MacBook Air (2022) pode alcançar até 2 TB de armazenamento em SSD, e como você já pode imaginar a essa altura do post, ele conta com um sistema de refrigeração totalmente passivo (o óbvio, já que não cabem ventiladores em apenas 11 mm de espessura).

Esse notebook conta com quatro alto-falantes integrados, o que pode ser algo impressionante para um dispositivo com tão baixa espessura. Sua bateria pode entregar até 18 horas de uso longe da tomada, algo que só poderemos comprovar na prática real de uso.

Por fim, a Apple recuperou o conector MagSafe no MacBook Air (2022), algo que eu me pergunto se realmente as pessoas queriam isso de volta.

 

 

 

MacBook Air (2022): quanto custa?

O MacBook Air (2022) vai custar caro. Bem caro.

No Brasil, o novo notebook ultrafino da Apple tem preços iniciais sugeridos de R$ 13.299 (para o modelo de 256 GB) e R$ 16.299 (para o modelo com 512 GB). Não há informações de preços sobre outras variantes com maior capacidade de armazenamento, e eu duvido que a versão com 2 TB será lançada por aqui tão cedo.

A boa notícia é que os importadores poderão nos ajudar a conseguir esse notebook por um preço bem mais acessível. Sem falar que o MacBook Air com chip M1 deve custar menos caro, o que pode interessar aos menos exigentes.


Compartilhe