Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | DIY (Faça Você Mesmo) | Linamp, ou como seria o Winamp no mundo real

Linamp, ou como seria o Winamp no mundo real

Compartilhe

O Linamp é um projeto que reimagina o clássico Winamp como um dispositivo físico, trazendo uma dose de nostalgia aos entusiastas de tecnologia. E esse aqui já entrou na lista do “como não pensaram nisso antes?” do mundo tech.

Criado por Rodrigo Méndez, o Linamp combina a estética retrô com a funcionalidade moderna, inspirando-se em designs de antigos equipamentos Aiwa. O resultado é simplesmente espetacular demais para não ser registrado neste blog.

Então, vamos conhecer tudo o que o Linamp pode oferecer de bom para os amantes da música mais nostálgicos.

 

Linamp | Especificações Técnicas

O dispositivo é baseado em um Raspberry Pi 4, equipado com um cartão SD de 32 GB para armazenar as músicas. Todo o conjunto utiliza o sistema operacional DietPi, com uma interface personalizada desenvolvida em C++ com Qt Widgets.

O resultado desse conjunto é uma experiência de uso intuitiva e visualmente agradável, oferecendo toques de nostalgia muito fiéis ao Winamp que utilizamos no passado (alguns utilizam até hoje – é o meu caso, pois tenho a versão Lite desse software instalada em meu computador).

A interface do Linamp permite a edição dinâmica de playlists, controle tátil de volume e equalizador, além de incluir um analizador visual que complementa a experiência de audição.

Embora ainda não suporte skins e equalizador, a interface atual é elogiada por sua precisão e estética fiel ao Winamp original. A experiência de uso parece ser incrível, e a aproximação do software original é chamativa.

O Linamp suporta os principais formatos de áudio como MP3 e FLAC, além de permitir a extração de metadatos via MusicBrainz. Ele oferece suporte para reprodução de CDs através de uma unidade externa, exigindo uma fonte de alimentação adicional devido à limitação do USB do Raspberry Pi.

 

Como o Linamp chgou neste ponto?

Rodrigo utilizou o OnShape para desenhar a carcaça do Linamp, combinando impressão 3D para a parte frontal e produção em metal para o restante, através da PCBWay.

A atenção aos detalhes e a combinação da tecnologia moderna com o design clássico são os principais motivos para validar a existência desse produto, e saber que qualquer um pode concebê-lo no quarto ou na garagem de casa é o que torna o dispositivo algo ainda mais interessante.

Para o futuro, os planos envolvem a adição de suporte para Bluetooth e Spotify, expandindo ainda mais as capacidades do produto.  Este projeto está em constante evolução, e toda a comunidade de entusiastas já aguarda pelas futuras atualizações do Linamp.

 

Como você pode construir o seu Linamp

Para os mais interessados ou ansiosos em criar a sua própria versão do Linamp depois de tudo o que foi divulgado sobre o produto, o Rodrigo disponibilizou guias detalhados e os recursos necessários para que você possa construir a sua versão do dispositivo em casa.

A comunidade de fãs do Winamp original ou de produtos de áudio mais ousados ou irreverentes podem acessar os links e os materiais fornecidos como guias tutoriais para a produção do produto em modo individual ou conjunto.

Não espere um produto como esse chegando nas lojas brasileiras, mas sempre teremos o AliExpress e os seus clones que podem ajudar na missão de importar o produto para cá.


Compartilhe