Compartilhe

650_1000_lg_nuclun

Tal e como esperado, a LG entra no jogo da fabricação de processadores próprios para dispositivos móveis. O LG Nuclun é baseado no design ARM com configuração big.LITTLE, e sua estreia se marca com a chegada de um novo phablet, o LG G3 Screen.

O Nuclun é uma solução que conta com um processador de oito núcleos, baseado em dois grupos de núcleos: os quatro primeiros com ARM Cortex-A7 (1.2 GHz) e outros quatro com ARM Cortex-A15 (1.5 GHz). Na parte de conectividade, esse novo chipset possui LTE-Advanced (Cat. 6), o que permitirá conexões de até 225 Mbps.

Dessa forma, a LG segue o mesmo caminho escolhido pela Samsung em 2010, criando um rival para o Samsung Exynos. Outras empresas como a Huawei ou a Apple já criam suas soluções com sucesso, todas buscando uma certa distância da Qualcomm.

650_1000_lg_g3_screen

Sobre o já citado LG G3 Screen, estamos diante de um dispositivo com tela IPS de 5.9 polegadas (Full HD), câmeras de 13 e 2.1 megapixels,  bateria de 3.000 mAh, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno (expansíveis via microSD). O conjunto é gerenciado pelo sistema operacional Android KitKat. O modelo será vendido inicialmente na Coreia do Sul, e não deve contar com preço acessível (especula-se valor de aproximadamente 600 euros), mas não dá para detectar nada de muito surpreendente nas suas especificações. Teremos que esperar nossos testes de benchmark para confirmar nossas dúvidas.

650_1000_lg-g3-screen-and-the-nuclun-processor

Esse é o início de uma nova linha de negócios da LG, que deve ampliar essa oferta com o passar do tempo – e chegada de novos dispositivos -. A LG decidiu apostar nesse segmento um pouco depois de seus concorrentes, mas pensando na independência na hora de criar componentes, a empresa pode prosperar nesse aspecto.

Experiência para isso eles já possuem com o desenvolvimento das baterias LG Chem, das telas LG Display e da tecnologia de imagem LG Innotek.

lg-nuclun

Via LG


Compartilhe