A Lenovo não se limitou a apresentar um espetacular protótipo de notebook dobrável. O Lenovo ThinkPad X1 Extreme G2 também roubou as atenções no Transform 3.0 at Accelerate, sendo este o notebook mais completo entre as soluções apresentadas para profissionais e clientes empresariais, parceiros, analistas do setor, pequenas e médias empresas e entusiastas de tecnologia.

O novo modelo tem recursos de segurança mais avançados, um hardware interno mais atualizado do mercado e telas melhores, mantendo as características que sempre foram muito bem vindas para os produtos dessa série, como um chassi de fibra de carbono que agrega durabilidade e mobilidade, mas mantendo o baixo peso de 1.7 kg e o design clássico de um notebook que nunca sai de moda.

 

 

Lenovo ThinkPad X1 Extreme G2: Principais Características

 

 

O modelo oferece quatro opções de tela de 15.6 polegadas, onde cada uma delas é pensada para um diferente objetivo de uso. Aqui, destacamos a tela mais avançada com OLED, que recebe o suporte para HDR, elevados níveis de brilho e tecnologia multitouch opcional:

4K OLED HDR
4K IPS HDR (500 nits)
1080p IPS HDR (500 nits)
1080p IPS (300 nits)

No seu interior, encontramos os processadores de nona geração Intel Core na sua versão mais potente com 8 núcleos e 16 hilos de processamento nativo, trabalhando com até 64 GB de RAM e até 4 TB em unidades de estado sólido para armazenamento interno. Nos gráficos, encontramos placas dedicadas da NVIDIA, no modelo GTX 1650 Max-Q.

 

 

Também se destaca a parte de conectividade, com o suporte para a nova geração de redes sem fio WiFi 6, duas portas USB Type-C com suporte para Thunderbolt 3, duas portas USB 3.1, um leitor de cartões SD, teclado retroiluminado, sistema de alto falantes compatível com Dolby Atmos e Dolby Vision, bateria de 80 Wh e componentes de segurança como um leitor de digitais e uma câmera de infravermelho compatível com o Windows Hello.

 

 

O Lenovo ThinkPad X1 Extreme G2 conta com o Windows 10 Pro pré-instalado, e estará disponível no mercado internacional a partir de agosto de 2019, com um preço inicial sugerido de 1.499 euros. Diante dessas especificações, ele vale o quanto custa para quem quer um modelo top de linha para empresas, profissionais e entusiastas de tecnologia que buscam um modelo robusto, com design clássico e com o que há de mais novo em termos de hardware para um notebook.

 

 

Via Tom’s Hardware