TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Lenovo Tab Extreme: o tablet “brabo” | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tablets | Lenovo Tab Extreme: o tablet “brabo”

Lenovo Tab Extreme: o tablet “brabo”

Compartilhe

O brabo.

Dá pra dizer logo de cara que o Lenovo Tab Extreme é o que a turma de seres humanos que são definidos hoje de “millenials” chamam de “o brabo”.

Esse é, sem sombra de qualquer dúvida, o tablet mais potente da história da Lenovo. E mostra toda a capacidade da marca em entregar produtos para quem busca a máxima performance com enorme portabilidade e experiência de uso plena. Bom, quero dizer, se a Lenovo assim desejar.

É um dispositivo que chega para ser um monstro em todos os aspectos. Mas precisamos descobrir se esse monstro serve para a sua vida, ou se ele só é mesmo um sinônimo de pesadelo para os cartões de crédito ao redor do mundo.

 

O grande segredo está no processador

Um segredo e, por que não dizer, uma aposta.

A Lenovo aposta na potência bruta do processador MediaTek Dimensity 9000 de oito núcleos para convencer o consumidor médio de todo o potencial que o Lenovo Tab Extreme possui. E aqui, é importante observar que, em um passado não muito distante, essa escolha levantaria algumas dúvidas na cabeça de muita gente.

A MediaTek teve que trabalhar muito duro para melhorar a própria imagem e passar uma maior credibilidade para o mercado e para os consumidores. Com o tempo, os fabricantes foram abraçando as suas soluções porque constataram claramente que esses processadores da série Dimensity davam conta do mercado.

De quebra, a solução da MediaTek é mais barata que os chips Snapdragon da Qualcomm, e todo mundo quer oferecer a melhor relação custo-benefício para o consumidor.

Por isso, essa combinação do processador MediaTek Dimensity 9000 trabalhando com 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento tem tudo para fazer a alegria do usuário. Principalmente com essa autonomia de até 12 horas de reprodução de vídeos com uma única carga da sua enorme bateria de 12.300 mAh que é compatível com a recarga rápida de 68W.

Se tudo isso for confirmado, o Lenovo Tab Extreme se torna um sério candidato daqueles que sonham por essa combinação de potência bruta e elevada autonomia de bateria, mas que não contam com grana suficiente para investir em um iPad Pro.

 

Pensado no entretenimento, e nos mínimos detalhes

O Lenovo Tab Extreme é sim pensado na produtividade, mas também tem os dois pés no entretenimento. Afinal de contas, todo mundo merece se divertir nessa vida, não é mesmo?

Para isso, ele integra nada menos que OITO alto-falantes com quatro canais JBL de alto desempenho, com assinatura Lenovo Premium Audio System. Então, pense na qualidade de som que esse produto pode entregar para ver filmes, séries de TV e rodar videogames.

E tudo deve ficar muito mais lindo e brilhante com essa maravilhosa tela OLED de 14.5 polegadas, com resolução de 3.000 x 1.876 pixels, compatível com Dolby Vision e HDR10+, calibração de cores DCI-P3 cinema color e taxa de atualização de 120 Hz.

Sendo bem sincero: se pergunte se você realmente precisa levar o notebook que você tem para ver filmes ou rodar games em qualquer lugar com “o brabo” fazendo esse trabalho bem honesto e, ao mesmo tempo, muito pesado para o seu divertimento.

 

O que ele tem para atender aos mais produtivos?

Muitas coisas.

Se as especificações técnicas não chamaram sua atenção, saiba que o Lenovo Tab Extreme manda muito bem na conectividade, com suas portas USB-C (uma delas no padrão 3.2 Gen 1, que recebe o recurso DisplayPort Out), slot microSD, WiFi 6e e Bluetooth 5.3.

Mas o seu diferencial para quem quer trabalhar com esse dispositivo está no pacote de software. Além dos programas proprietários da Lenovo como o Freestyle e o Vantage, o Lenovo Tab Extreme ainda conta com o WPS Office e o Clip Studio Paint8 pré-instalados, permitindo que você comece a recuperar o dinheiro investido nele tão logo você receba o produto em sua casa.

De quebra, o tablet é compatível com o lápis Lenovo Precision Pen 3 para melhor produtividade dos mais criativos. E para quem quer transformar esse dispositivo em um notebook ou desktop portátil, pode adquirir em separado o teclado Lenovo Tab Extreme Keyboard e o case Lenovo Tab Extreme Folio Case.

Você pode até achar que a Lenovo não foi nada criativa para escolher os nomes dos acessórios para este produto. Porém, diante de proposta tão completa em diferentes aspectos, não sei se dá para reclamar disso a essa altura do campeonato.

 

É claro que ele não é perfeito

Não existe nada perfeito neste mundo. Porém, o ponto de imperfeição do Lenovo Tab Extreme é totalmente irrelevante.

Por diversas vezes eu afirmei que o tablet não é o melhor dispositivo do mundo para o registro de fotos e vídeos, e a maioria dos fabricantes não coloca muita ênfase neste aspecto. Por isso, não chega a ser uma decepção constatar que os sensores fotográficos deste produto não são lá tão surpreendentes quanto as demais características apresentadas até agora.

O Lenovo Tab Extreme conta com uma câmera frontal de 13 megapixels com campo de visão ultra wide, e câmera traseira dupla com sensores de 13 megapixels e 5 megapixels. Logo, não espere registrar fotos espetaculares com este dispositivo.

 

Lenovo Tab Extreme: primeira opinião

O Lenovo Tab Extreme tem previsão de chegada ao mercado internacional para março de 2023, e seu preço inicial sugerido é de 1.199 euros.

Considerando que o seu principal concorrente é o iPad Pro e que outros fabricantes (neste caso, Samsung) terão que suar muito para entregar algo similar nas especificações e experiência completa, dá para dizer que eu não gastei os últimos minutos da minha vida chamando o Lenovo Tab Extreme de “brabo” a troco de nada.

Ele deve entregar uma experiência plena em um tablet com Android 13 por um preço que é sim bem elevado, mas muito razoável para o seu conjunto geral.

E olhando para o Lenovo Yoga Book 9i, notebook dobrável da marca que também foi apresentado recentemente, fica claro que o usuário terá que escolher se paga menos para ter um dispositivo muito potente com o formato tradicional e sistema Android, ou se paga quase o dobro para ter um dispositivo com formato inovador mas menos potente do que poderia ser e sistema operacional Windows.

No final, a decisão é sua. Ou melhor, do saldo do seu cartão de crédito.


Compartilhe