TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Kindle Scribe, um eReader com lápis para receber anotações | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | eBooks e eReaders | Kindle Scribe, um eReader com lápis para receber anotações

Kindle Scribe, um eReader com lápis para receber anotações

Compartilhe

O Kindle Screibe nada mais é do que o primeiro e-reader da Amazon com suporte para lápis ótico.

Ele possui uma tela com tinta eletrônica (E Ink) de 10.2 polegadas e 300 pixels por polegada que pode receber anotações à mão de forma natural, tal e como se você estivesse escrevendo sobre o papel. Aqui, temos um dispositivo que se propõe a ser uma espécie de híbrido entre tablet e leitor de livros eletrônicos, o que pode ajudar tanto na produtividade como na interatividade com livros e documentos.

Esta é a primeira tela com iluminação frontal com luz quente ajustável, e é bastante atraente para aqueles usuários que sempre desejaram ir um pouco além com o seu Kindle.

 

Kindle Scribe: principais características

O novo Kindle Scribe promete oferecer o contraste e a luminosidade da tela que os usuários já acostumados a utilizar o Kindle tradicional recebem dos dispositivos que já estão no mercado. A grande novidade aqui é que este dispositivo permite que o usuário faça anotações à mão em toda a sua superfície.

O dispositivo é compatível com dois tipos de lápis óticos, sendo que o acessório mais básico já está incluído no kit de venda do produto, evitando assim que o cliente realize gastos adicionais de forma imediata.

O segundo lápis compatível com o Kindle Scribe é uma versão Premium do original, que tem preço sugerido de US$ 30. Ele inclui um botão de acesso personalizável e um sensor específico para apagar elementos escritos na tela na sua parte superior, simulando a borracha que existe nos lápis tradicionais.

Os dois acessórios podem aderir automaticamente ao dispositivo, com a ajuda da tecnologia EMR da Wacom, o que facilita de alguma forma o transporte do acessório junto com o produto, reforçando a ideia de portabilidade plena.

Além das anotações na tela, o lápis também é útil para ressaltar e escrever em documentos no formato PDF, um dos mais populares do mercado. Dessa forma, você pode utilizar o Kindle Scribe inclusive para assinar contratos em formato digital, facilitando e muito a vida daqueles que desejam dar um uso mais profissional no dispositivo.

A Amazon também reforça que fechou uma parceria com a Microsoft para que os documentos do Word possam ser exportados de forma direta para o formato compatível com o Kindle a partir de 2023. Algo que passa a fazer todo o sentido do mundo com a chegada do Kindle Scribe ao mercado.

 

Kindle Scribe: preço e disponibilidade

O novo Kindle Scribe tem preço inicial sugerido de 369 euros (na versão com 16 GB), e sua chegada ao mercado está prevista para o dia 30 de novembro. Não há previsão de preço e data de lançamento do produto para o mercado brasileiro.

De qualquer forma, este é um produto cujo formato era muito esperado por alguns usuários do Kindle tradicional, e já adotado por alguns dispositivos concorrentes da proposta da Amazon. Olhando de longe, ele promete ser tudo o que nós desejamos, mas só podemos estimar o quão bom ele pode ser na prática, quando o grande público puder testar o dispositivo de forma presencial.

Pelo menos neste primeiro momento, tudo o que podemos dizer é: há potencial para ser um ótimo dispositivo. Eu mesmo quero colocar as mãos em um carinha desses para saber o que ele pode fazer por mim.


Compartilhe