Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão o palco perfeito para o uso da tecnologia de reconhecimento facial.

Autoridades locais em conjunto com os membros do Comitê Olímpico estão desenvolvendo um sistema com tecnologia de reconhecimento de rostos, que seria aplicado em aproximadamente 400 mil pessoas durante o evento.

A plataforma de escaneamento facial seria utilizada como medida de segurança contra ameaças aos Jogos Olímpicos, mas também como ferramenta de apoio para atletas e jornalistas chegarem aos seus destinos mais rapidamente.

O sistema faria com que fosse mais difícil o uso de credenciais roubadas ou falsificadas para acessar as instalações com acesso controlado, reduzindo também o tempo de espera para acesso aos locais.

As pessoas envolvidas com a organização, cobertura e participação ativa nas competições receberão credenciais especiais com identificação facial.

O sistema vai escanear automaticamente os rostos das pessoas ao adentrarem nas instalações controladas, comparando esse rosto com a base de dados armazenada no sistema.

Se um rosto não coincidir, um alarme será ativado, e as autoridades poderão conter o suposto intruso.

Não está claro qual será o nível a ser aplicado nesse sistema de reconhecimento facial. Mas tudo indica que seu uso marcaria um ponto de inflexão, permitindo que o mesmo aconteça em outros grandes eventos.

 

Via The Japan Times