TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Jamais use esse tipo de case no smartphone | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Jamais use esse tipo de case no smartphone

Jamais use esse tipo de case no smartphone

Compartilhe

Adoramos a evolução da tecnologia, pois esse movimento de progresso é o que me estimula a acordar todas as manhãs para me posicionar na frente do computador para escrever artigos sobre produtos e serviços que revolucionam a nossa vida nos mais diferentes aspectos.

Nessa jornada, algumas soluções podem oferecer ganhos e perdas para os produtos e serviços que utilizamos todos os dias. E nem toda novidade que nos é apresentada pode entregar bons resultados o tempo todo. E isso é normal, pois a melhor forma de aprender alguma coisa na vida é através da tentativa e erro.

Um dos itens que a vida mostrou que é preciso ter um pouco mais de critério e cuidado antes de investir o dinheiro neste tipo de produto é o case para smartphone. E tem um tipo específico de carcaça protetora que você deve evitar usar no seu dispositivo a todo custo.

 

Você nunca pensou nos efeitos práticos do imã no telefone

Sabe o imã?

Aquele item que a sua mãe gruda na porta da geladeira com alguma mensagem como “Fui para Salvador e me lembrei de você”. Ou o pedaço de plástico que conta com o número de telefone daquela sua pizzaria preferida, sabe… lembrou?

Pois é. Alguns fabricantes de acessórios para smartphones estão fabricando cases para smartphones com elementos imantados. Essa é uma das inovações que foram introduzidas no mundo da telefonia móvel a algum tempo, e podem parecer muito úteis na teoria.

Afinal de contas, quem é que não quer ter um case para smartphone que seja hermeticamente fechado e muito mais protegido que os demais contra quedas e marcas profundas na carcaça do telefone? Até porque qualquer coisa é melhor do que um case de silicone que pode causar estragos enormes na primeira queda.

Outra finalidade dos cases com imã é a possibilidade de conectar o telefone em um carro, através de uma base fixa. Aqui, a praticidade em simplesmente encaixar o dispositivo através de um elemento imantado é algo muito procurado por quem não quer perder tempo na vida, ou perder o telefone em qualquer lugar.

Sem falar que um smartphone preso em uma base é algo muito mais prático para quem está em deslocamento e precisa atender uma chamada telefônica ou realizar uma pesquisa no Google Mapas com maior praticidade.

Tudo muito lindo até agora, certo?

Porém, poucas pessoas pensaram se esses cases com imã pode prejudicar o smartphone de alguma forma. Bem sabemos que esse material pode arruinar com cartões de crédito ou de transporte, chaves de hotéis e outros produtos eletrônicos, mas nunca se discutiu sobre os seus efeitos nos telefones que utilizamos todos os dias.

Então… vamos conversar sobre isso?

 

Os riscos no uso dos cases magnéticos

Para começo de conversa, o uso dos cases com imã não é recomendado se o smartphone entrar em um cenário onde, de forma inevitável, ele vai entrar em contato com a água de alguma forma. Isso pode fazer com que o telefone deixe de funcionar corretamente, e não por causa de danos físicos que o dispositivo pode vir a sofrer com a combinação dos elementos envolvidos.

Cases magnéticos normalmente são fabricados com materiais como níquel, ferro e cobalto. E esses compostos, mesmo em pequenas quantidades, podem entrar em contato com o smartphone de forma involuntária e gerar campos magnéticos que podem afetar a diferentes funções do dispositivo que podem reagir de forma negativa a esses imãs.

A própria Apple já chegou a falar sobre isso em seus documentos técnicos oficiais, mencionando que o uso desses acessórios pode afetar de forma negativa o funcionamento do iPhone:

Ímãs internos em alguns acessórios do iPhone criam campos magnéticos que podem afetar as câmeras traseiras do telefone. Para reduzir o movimento da imagem e a correspondente perda de nitidez, as lentes se movem de acordo com o ângulo do giroscópio. O que acontece é que esses sensores de posição da lente respondem a campos magnéticos e se você colocar um ímã próximo a esses sensores, o campo magnético irá interferir neles ou desativá-los temporariamente.

Traduzindo: o uso de cases com imã pode afetar de forma sensível os sensores de câmera do iPhone, a ponto de eliminar a melhor nitidez das câmeras, prejudicando diretamente o registro de fotos e vídeos no dispositivo.

E eu espero que este seja um motivo forte o suficiente para você repensar o uso desses cases em seu caro smartphone.

Mas antes esse fosse o único motivo para te convencer a não utilizar um case com imã no seu telefone. Outros sensores integrados no dispositivo podem, ser afetados por este problema como a bússola. E isso pode causar problemas de localização do dispositivo, afetando de forma direta os apps de navegação ou similares.

Por fim, a cobertura de sinal no smartphone certamente será afetada com a presença dos imãs. Quanto mais distante você ficar desse material, maior será a capacidade de sinal do seu dispositivo. E aqui, é melhor você ficar com uma conectividade otimizada do que com um case que até pode proteger melhor o telefone, mas que drena a sua bateria pela dificuldade de conectividade móvel.

 

Conclusão

Por tudo o que foi dito neste artigo, é evidente que não vou recomendar o uso dos cases com imãs no seu caro smartphone. E reforçamos que esta é apenas uma recomendação, pois não quero ser o dono da verdade absoluta. Afinal de contas o dinheiro é seu, o telefone é seu, e você faz o que quer na vida.

Porém, apresentamos evidências claras sobre a real necessidade em pelo menos tentar evitar o uso desses acessórios no seu telefone, pois os prejuízos podem ser enormes em determinados casos. Entendo que vale a pena você evitar pagar um valor muito maior que um case do que ser obrigado a investir em um telefone novo.

Por fim, eu não ia perder a oportunidade em deixar um último conselho para terminar o artigo.

Nunca, jamais e em tempo algum use cases com o da foto acima, que contam com horríveis formatos de partes do corpo humano. Também vale a pena dispensar os cases em formatos de coelho de pelúcia, dinossauro, besouro gigante, borboleta gigante ou com a cara do Carluxo.

O mundo não merece saber quais são os seus gostos estranhos e bizarros. Ninguém se importa com isso, e ninguém merece saber qual é o seu gosto estranho e exótico na vida. Merecemos ser poupados disso.


Compartilhe