O Apple iTunes já está disponível na Microsoft Store. Um feito, levando em conta as empresas envolvidas e que o software não é um dos mais populares por não ser bom o suficiente para seus exigentes usuários.

Há mais de 15 anos o iTunes está presente no Windows, uma vez que boa parte dos seus usuários contam com iPhones e iPads trabalhando com computadores Windows.

Mesmo com a má fama no Windows, fato é que o iTunes ainda é a forma mais acessível para gerenciar aplicativos e mídia em dispositivos Apple, além de permitir a compra e reprodução de mídia em um computador com Windows.

A versão da Microsoft Store do iTunes (um app UWP) é muito similar ao disponível no site da Apple. Suas funcionalidades são idênticas, mas há diferenças notórias nos processos de download e instalação.

A versão também terá atualizações automáticas, beneficiando os usuários do Windows 10, já que tal versão é 100% compatível com os apps universais certificados pela Microsoft na Microsoft Store.

Mas… o inverno voltou a congelar?

Nesse caso, não.

A estratégia é que mudou. Quando uma empresa quer potenciar seus serviços ou aplicativos, o faz independente do fato de favorecer uma plataforma rival. Lembrem-se que o Office está disponível para o Mac há décadas, e recentemente isso foi expandido para o iPhone e iPad. Sem falar nos vários apps da Microsoft para Android.