Diferente dos vinis, a volta das fitas cassete não foi beneficiada pela nostalgia. Talvez pela qualidade de som desse formato não ser tão boa, ou porque o seu nicho é ocupado hoje pelos smartphones. Mas isso pode mudar com um dispositivo que combina o ontem e o hoje.

A NINM Lab é a marca que quer reinventar as fitas cassete, com um ‘clone’ do Walkman que possui um diferencial essencial para ir além de ser um simples reprodutor portátil de fitas cassete: ele é compatível com o Bluetooth 5.0.

 

 

It’s OK combina o ontem e o hoje no Walkman de 2019

 

O It’s OK é basicamente um reprodutor de fitas cassete clássico, mas adaptado ao século XII. Mesmo com um design similar ao que já conhecemos, o seu interior é bem moderno. O que mais chama a atenção na estética é a tampa transparente, que permite ver como o mecanismo funciona e o progresso da fita. O seu ar retrô se faz presente nas cores e no botão de cor amarelo em todos os modelos.

Este é um dispositivo claramente pensado nos nostálgicos e apaixonados pelos anos 80. E precisa ser assim para quem quer ouvir as suas músicas favoritas em um formato como esse. Mas ao menos é possível recuperar as ‘mixtapes’ que todo mundo fez alguma vez na vida com as suas músicas favoritas gravadas do rádio ou de outras fitas. Você pode conectar os seus fones Bluetooth, ou se você quiser, poderá usar os fones com cabo para uma experiência mais autêntica.

O It’s OK será lançado como um projeto de crowdfunding no Kickstarter, com preço inicial sugerido de US$ 63. Vale lembrar que a página oficial do produto caiu com a grande quantidade de acessos, o que pode ser um ótimo sinal para eles. Isso leva a crer que seus criadores não terão dificuldades em arrecadar o valor de financiamento para colocar o produto no mercado.

 

 

 

Via Engadget