TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia iPhone SE (2022), a partir de R$ 4.199: vale a pena? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Análises e Reviews | iPhone SE (2022), a partir de R$ 4.199: vale a pena?

iPhone SE (2022), a partir de R$ 4.199: vale a pena?

Compartilhe

Tudo bem, eu entendi o que a Apple fez aqui.

Ela lançou o iPhone SE (2022) com a cara do iPhone SE (2020) porque as pessoas adoraram o design do iPhone 8 de 2017 e o preço menos caro em relação aos seus irmãozinhos do presente mais vitaminados. Agora, será que vale a pena pagar a partir de R$ 4.200 por um telefone com cara do passado?

Depende. Vai que você gosta do estilo ‘old school’ que nem eu, ou quer economizar uma boa grana no iPhone para fazer stories no Instagram (e eu me encaixo nos dois casos).

Se bem que… nem eu engoli esse design de iPhone de 5 anos atrás…

 

 

 

O que me faria comprar o iPhone SE (2022)?

Com certeza o novo processador Apple A15 Bionic que, na prática, é a principal novidade do iPhone SE (2022).

Para quem está procurando um smartphone top de linha potente, compacto e com preço abaixo dos R$ 5 mil, o iPhone SE (2022) se tornou automaticamente a melhor opção disponível no mercado brasileiro.

Com certeza você terá um dispositivo que vai funcionar bem por anos, vai receber várias atualizações do iOS e, por conta disso, vai perder pouco valor de mercado.

Outro fator que poderia me motivar a investir dinheiro no iPhone SE (2022) é justamente as atualizações do iOS. Em relação ao iPhone SE (2020), ele pode oferecer melhorias substanciais de autonomia de bateria e desempenho da câmera, já que esse software trabalhando com um processador novo pode resultar em um desempenho muito sustentável nestes aspectos.

É claro que a Apple não entrou em detalhes importantes das configurações de hardware, tais como a capacidade de bateria e as características do sensor fotográfico da câmera frontal. Mas se os números indicarem bons resultados nos dois aspectos, o investimento no iPhone SE (2022) pode estar bem justificado.

 

 

 

Por que eu não compraria o iPhone SE (2022)?

Seu design me deixa broxa, (quase) literalmente.

Tantos renders supostamente vazados e propostas alternativas para esse hipotético iPhone SE 3 que são tão mais interessantes que o design de iPhone 8 que a Apple escolheu para o iPhone SE (2022)… e pensar que as propostas alternativas vão para a lata do lixo.

Além disso, eu não preciso de tanta potência assim em um telefone com tela pequena para ser feliz. E eu nem sei se conseguiria utilizar este iPhone SE (2022) com uma tela de apenas 4.7 polegadas (HD). Acho o iPhone 13 mini perfeito o suficiente para investir o meu dinheiro nele.

Sem falar que não dá para garantir que a melhora de autonomia de bateria é significativa justamente por conta desse processador mais parrudo.

 

 

 

E aí… vale a pena?

Por último, mas não menos importante… será que o iPhone SE (2022) melhorou o suficiente para custar pelo menos R$ 1.500 mais caro que o modelo da geração anterior?

Será que vale a pena deixar de gastar um pouco mais para não ter um iPhone 11 ou o iPhone 13 mini? Ou até mesmo o iPhone 12 mini, pois se é para ficar sem bateria no meio do dia, ao menos fique com um telefone mais potente e atualizado.

No final das contas, responder se o iPhone SE (2022) vale a pena ou não depende de variáveis que ainda precisam ser respondidas na vida prática. Mas ao menos iniciamos a discussão, e isso pode ajudar de alguma forma na sua decisão no futuro.


Compartilhe