iPadOS 15 é oficial: o que há de novo? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | iPadOS 15 é oficial: o que há de novo?

iPadOS 15 é oficial: o que há de novo?

Compartilhe

A Apple apresentou ao mundo o novo iPadOS 15, sistema operacional pensado nos tablets. E neste post, vamos ver em resumo quais são as principais novidades que estarão disponíveis aos dispositivos nos próximos meses.

Apesar das vozes que afirmam que o tablet morreu, a verdade é que os usuários do iPad não abandonam o produto, e o número de pessoas aderindo ao dispositivo para as mais diferentes soluções só aumenta.

Sem falar que o iPadOS está ficando cada vez mais com a cara do macOS, a ponto da linha divisória entre os dois ficar cada vez mais fina a cada nova versão.

Então, vamos conhecer o que tem de novo.

 

 

 

Os widgets se consolidaram na Apple

 

 

Os widgets passam a receber um maior protagonismo com a chegada do iPadOS 15.

Agora, são maiores para aplicativos específicos e com maior possibilidade de interação, como são os casos do Files e do Apple TV+. Será possível distribuir os apps com o App Library já presente no iOS, permitindo a categorização e o agrupamento dos programas por categorias.

 

 

 

Multitarefa turbinada

 

 

No iPadOS 15, um novo controle permite a seleção de uma tela dividida, ou que uma janela acabe se sobrepondo às demais. Os gestos permitem o gerenciamento dessas opções, e você posiciona as janelas de acordo com a sua necessidade.

Apps como Mail e Safari certamente vão se beneficiar do novo modo multitarefa do sistema operacional, com janelas diferentes para cada tipo de aplicativo, o que vai entregar características diferentes de interação para essas janelas. Se você usa um teclado conectado ao iPad, novos atalhos (combinados aos gestos táteis) aceleram o funcionamento desses recursos.

 

 

 

Novidades no aplicativo de Notas e na tradução

 

 

Agora, você pode mencionar usuários nos documentos (com o @nomedousuario), além de ter um histórico de atividades em documentos colaborativos. O Quick Note vai permitir o acesso rápido a uma nota, independente de qual tela estamos no iPad.

Também será possível adicionar links de forma automática, que serão compatíveis com aplicativos de terceiros.

 

 

Agora, você pode utilizar o Auto Translate para detectar quando alguém está falando e traduzir essa fala para outro idioma. Também é possível selecionar textos de qualquer aplicativo e o conteúdo será traduzido, incluindo é claro textos que aparecem em imagens.

 

 

 

Programando no iPad

 

 

A Apple potenciou o Swift Playgrounds, plataforma que permite o desenvolvimento de aplicativos de forma direta no iPad. Agora, você programa no tablet e pode ver os resultados do código de forma instantânea no aplicativo, permitindo também que o app seja finalizado e enviado para a App Store de forma simples.

Ou seja, o iPad passa a ser uma interessante ferramenta de desenvolvimento, dando independência e agilidade para desenvolvedores realizarem implementações em qualquer lugar, sempre e quando necessário.

 

 

 

Pequenas novidades que atendem aos pedidos do usuário

 

 

Várias outras novidades foram apresentadas no iPadOS 15, como o modo Focus, as já mencionadas (e chamativas) novidades do FaceTime, o SharePlay, melhorias na busca de fotos no Spotlight, as melhorias na reprodução de áudio e vídeo e novidades das notificações. Ou seja, tudo o que foi anunciado como novidades para o iOS 15.

O novo iPadOS 15 tem claro foco na versatilidade, mas atendendo aos pedidos dos usuários. Recebe o suporte para múltiplos usuários, o suporte para aplicativos mais complexos (Final Cut Pro X, Logic, etc), entre outros.

Pelo menos por enquanto, não há menção de uma maior compatibilidade aos chips M1 dos novos iPad Pro, mas vamos esperar por novidades sobre o tema nos próximos dias ou semanas.

 

 

 

Quem vai poder usar o iPadOS 15?

 

 

O novo iPadOS 15 estará disponível, segundo a própria Apple, para os seguintes modelos de iPad. Sua data de lançamento para o grande público será durante o outono norte-americano (muito provavelmente em setembro, na ocasião do lançamento dos novos iPhones).

Os modelos compatíveis com a nova versão são os seguintes:

  • iPad mini 4 e posterior
  • iPad Air 2 e posterior
  • iPad de 5ª geração e posterior
  • Todos os iPads Pro do mercado, incluindo iPad Pro M1

 

 

Via Apple


Compartilhe