TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia iPad (2022) é a atualização tão esperada | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Análises e Reviews | iPad (2022) é a atualização tão esperada

iPad (2022) é a atualização tão esperada

Compartilhe

O iPad mais básico finalmente foi reformulado pela Apple, com a mudança de design que era necessária para o produto. O

O novo iPad (2022) conta com uma tela maior, bordas menores, webcam que finalmente está posicionada na borda lateral e Touch ID no botão Iniciar, no melhor estilo iPad Air. No seu interior, nada de processador M, mas sim o chip da linha A, e isso marca a diferença entre os modelos, inclusive para o iPad Pro.

Neste artigo, vamos mostrar as principais características técnicas do novo iPad (2022), e descobrir qual é o público que mais deve se interessar por ele.

 

Reformulação completa de design

O novo iPad básico bebe de forma direta do design do iPad Air, com uma traseira de alumínio reciclado, laterais mais quadradas e uma frontal onde a tela ganha protagonismo. Ou seja, a Apple iguala o design de todos os seus tablets, e as diferenças mais relevantes ficam nos seus componentes internos.

O Touch ID sai da parte frontal para se alojar no botão de desbloqueio de tela, e a webcam finalmente desapareceu da borda superior para ficar em uma das laterais, o que faz muito mais sentido para o mundo de hoje onde lives chamadas de vídeo ficaram em maior evidência no mundo corporativo e educacional.

A nova posição da câmera frontal consegue também melhorar a lógica de uso do tablet como um computador portátil, com a ajuda de uma capa teclado. Assim, os usuários podem ser mais produtivos, aproveitando a orientação horizontal para (inclusive) utilizar o modo de multitarefa com maior conforto.

Falando um pouco mais da tela, o iPad (2022) conta com um display Liquid Retina de 10.9 polegadas (2.360 x 1.640 pixels), com um brilho de 500 nits, tecnologia True Tone e suporte para o Apple Pencil de primeira geração.

 

Gerenciado pelo Apple Bionic

Uma das principais diferenças do iPad (2022) para os seus irmãos de segmento fabricados pela gigante de Cupertino é a presença do processador Apple A14 Bionic, que entrega um desempenho 20% melhor na CPU e 10% melhor na GPU do que o hardware presente na geração anterior do produto.

Para os usuários que contam hoje com um iPad de 7ª geração e pensa em investir dinheiro no novo modelo, a estimativa é que o desempenho do novo dispositivo será triplicado. Tudo é gerenciado pelo iPadOS 16, em opções com 64 GB e 256 GB de armazenamento.

A parte traseira do tablet conta com uma câmera frontal de 12 MP (com 122 graus de campo de visão), e inclui o recurso Center Stage, que realiza o enquadramento automático do usuário. Na pare frontal, o dispositivo recebe outro sensor de 12 MP, com capacidade de gravação de vídeos em 4K e câmera lenta a 240 fps. Dois microfones com modo de cancelamento de ruído são responsáveis por uma comunicação mais limpa, e alto-falantes estéreo reproduzem os sons do dispositivo.

Por fim, o iPad (2022) suporta WIFi 6, 5G, eSIM e possui porta USB-C (finalmente, já não era sem tempo). Ele também é compatível com um teclado Magic Keyboard Folio que inclui trackpad, suporte multitoque e 14 teclas de função.

 

iPad (2022): quanto custa?

O novo iPad (2022) ainda não tem previsão de lançamento confirmada para o mercado brasileiro, mas os preços para os novos dispositivos já foram revelados no site da Apple Brasil:

  • iPad (2022) de 64 GB WIFi, por R$ 5.299,00
  • iPad (2022) de 64 GB WiFi + Celular, por R$ 6.899,00
  • iPad (2022) de 256 GB WiFI, por R$ 6.899,00
  • iPad (2022) de 256 GB WiFi + Celular, por R$ 8.499,00

É importante lembrar que aqueles que optarem por comprar o produto no site da Apple recebem 10% de desconto para o pagamento à vista, e o frete é grátis para todo o território nacional.

 

Vale a pena?

Depende do seu interesse no produto.

Vejo com bons olhos essa reformulação de design do iPad base, pois dessa forma a Apple unifica o design de todos os seus produtos, deixando de lado uma estética que ficou datada e, de alguma forma, espantava muitos compradores em potencial. Por outro lado, será que não dá para conseguir um iPad melhor por preços similares?

A Apple reduziu os valores dos modelos de iPad da geração anterior, mas essa redução de preços não chega a 10% (em alguns casos, são ridículos 2,5%). Para os usuários um pouco mais exigentes nos aspectos de desempenho, o iPad Air M1 pode ser uma boa opção para obter um pouco mais de produtividade no dispositivo.

Mas se você tem um iPad base mais antigo (de sétima ou oitava geração), quem sabe não chegou a hora perfeita para mudar o seu tablet da Apple? O novo iPad (2022) é uma interessante atualização para um produto que estava estagnado e precisava mudar um pouco para conquistar o público que ainda se interessa por ele.

O duro é ver o tablet da Apple mais uma vez não ter um preço tão competitivo assim. Mas até aqui, novidade zero. Estamos falando da gigante de Cupertino, e não da Multi.


Compartilhe