TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia iOS 16 está torturando a bateria do iPhone | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | iOS 16 está torturando a bateria do iPhone

iOS 16 está torturando a bateria do iPhone

Compartilhe

O iOS não é um sistema operacional perfeito, apesar você talvez venerá-lo. A cada nova versão, encontramos diversos problemas de compatibilidade ou até mesmo falhas históricas que a Apple não consegue resolver, pelos mais diferentes motivos.

O início de vida do iOS 16 não foi dos mais fáceis ou tranquilos. A nova versão do sistema operacional para o iPhone conta com algumas anormalidades, onde a mais grave delas é, sem sombra de dúvida, a autonomia de bateria que é simplesmente destruída por este software.

O mesmo aconteceu no início de ciclos de vida do iOS 15, iOS 14, iOS 13… e bem sabemos como a Apple teve que lutar para encontrar uma solução para esse problema.

Infelizmente, os usuários do iPhone que atualizaram os dispositivos para o iOS 16 estão enfrentando o mesmo problema que, ao que tudo indica, se tornou uma tradição nefasta da Apple.

 

Diga adeus para a boa autonomia de bateria do iPhone

Nos últimos anos, a Apple melhorou de forma considerável a autonomia de bateria do iPhone, apesar de ainda não oferecer um mundo perfeito neste aspecto (mas foi bem pior em um passado não muito distante).

Porém, a cada nova versão do iOS, os dispositivos sofrem com a perda de autonomia de bateria, muito em parte pela ausência de otimização entre hardware e software. Algo que é extremamente irritante para um dispositivo que pode chegar a custar até R$ 15 mil. Ou seja, caro demais para apresentar esse tipo de problema.

No caso do iOS 16, o problema da autonomia de bateria se torna um pouco mais crítico porque a Apple lançou rapidamente duas atualizações de correção de software e, até o presente momento, alguns modelos do telefone ainda estão sofrendo com a drenagem da bateria.

Alguns usuários relatam que a bateria se esgota muito mais rápido que antes, com uma perda em média de 15% de autonomia em comparação com a porcentagem alcançada pelo iOS 15 na mesma rotina de uso.

Em alguns modelos onde notoriamente a autonomia de bateria era excelente, como é o caso do iPhone 13 Pro Max, o tempo de uso caiu de 11 a 12 horas para apenas 7 horas. O desgaste energético consegue ser ainda mais crítico com o uso do Facetime ou em ferramentas de Picture in Picture, pois nessas atividades o tempo de tela ativa é maior.

 

O que fazer nessa situação?

Antes de continuar, é importante deixar claro que toda as vezes que você atualiza um iPhone para uma nova versão do iOS, é algo considerado “normal” uma certa queda na autonomia de bateria logo depois da instalação da atualização. Afinal de contas, você vai receber uma grande quantidade de novas funcionalidades, e é natural que o software procure compreender melhor como esse hardware vai se comportar a partir de agora.

Por outro lado, este é um efeito temporário, já que o iOS está se adaptando aos poucos com o novo cenário. Esse impacto na bateria do iPhone não pode perdurar por muito tempo, muito menos pode resultar em uma queda notável de autonomia. Se isso acontece por muito tempo, é sinal de que o problema é mais sério do que parece.

O problema real neste ano é que as queixas não cessaram depois dos primeiros dias. Quase um mês depois do lançamento do iOS 16, os usuários seguem reclamando e exigindo que a Apple entregue soluções mais efetivas do que atualizações corretivas que não entregam resultados práticos.

Neste momento, a maioria dos usuários que estão sofrendo com o maior desgaste de bateria do iPhone com o iOS 16 só conta com duas alternativas: ou faz o downgrade para o iOS 15.7 (um procedimento que, apesar de ser algo relativamente simples, não está ao alcance de todos os usuários), ou simplesmente senta e espera a Apple tomar providências mais efetivas sobre o assunto, algo que pode demorar muito mais tempo que o desejado.

Ou quem sabe vale a pena ler o nosso artigo onde compartilho algumas dicas para tentar reduzir o consumo de bateria no iPhone enquanto a solução definitiva para o problema não chega.


Compartilhe