Indústria de videogames arrasou em 2019 | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Indústria de videogames arrasou em 2019 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Games | Indústria de videogames arrasou em 2019

Indústria de videogames arrasou em 2019

Compartilhe

Bem sabemos que a indústria de videogames é mais lucrativa que a indústria do cinema, e isso vem acontecendo nos últimos anos. As vendas de consoles de videogames e jogos para esses consoles, além das vendas in-app e agora plataformas de jogos por assinatura são os principais motivos para esse potencial de faturamento.

Mas nada melhor do que números para ilustrar melhor como os videogames se tornaram o segmento mais lucrativo do mundo do entretenimento. E podemos dizer que o ano de 2019 foi incrível para o setor de games, com direito a alguns recordes de vendas.

 

 

O faturamento dos games em 2019 foi excelente

A indústria dos videogames faturou nada menos que US$ 120.1 bilhões em 2019. Essa marca é 3% maior do que a alcançada em 2018. O jogo que mais lucros obteve não poderia ser outro: Fortnite.

Os dados consideram as receitas de jogos para smartphones, computadores pessoais e consoles de videogames, além dos títulos dedicados aos dispositivos de realidade aumentada, eSports e realidade virtual. Dos US$ 120.1 bilhões de faturamento, US$ 64 bilhões representam as receitas para jogos de smartphones, US$ 29.6 bilhões vem dos jogos para computadores e US$ 15.4 bilhões dos títulos para consoles domésticos.

Um dado curioso: US$ 6.5 bilhões vieram de vídeos relacionados com os videogames, e US$ 6.3 bilhões são de plataformas para realidade aumentada.

 

 

Jogos gratuitos estão em alta

Os jogos gratuitos ou free to play representam 80% das receitas nos jogos digitais em 2019, e isso mostra a força dos jogos móveis para smartphones nesse momento. Candy Crush Saga e Honor of Kings elevaram a participação dos dispositivos móveis nas receitas de jogos gratuitos, e essa tendência deve continuar em 2020.

Também podemos destacar no ranking de jogos a aparição da versão mobile de jogos de franquias muito conhecidas nos consoles, como Call of Duty ou Mario Kart.

Porém, pelo segundo ano consecutivo, Fortnite continua como o rei das receitas nos videogames, gerando US$ 1.8 bilhão em 2019, um número consideravelmente menor do que os US$ 2.4 bilhões obtidos em 2018. Será que hype do jogo está caindo? Ou quem tinha que entrar no jogo já entrou?

Além disso, League of Legends, jogo que tem mais jogadores que Fortnite, gerou lucros de US$ 1.5 bilhão.

 

 

Realidade virtual aumenta os seus lucros

As receitas dos videogames Premium caíram em 5% em 2019. Um dos principais motivos para isso acontecer se deve ao fato que nesse ano foram lançados menos jogos de sucesso do que em 2018, que recebeu games de muita expressão como Red Dead Redemption 2, Spider-Man e Monster Hunter: World.

Já as receitas dos jogos de realidade aumentada subiram em 26% nos últimos 12 meses, graças aos dispositivos de realidade virtual como é o caso do Oculus Quest. Nos smartphones, as receitas aumentaram em 12% graças ao Pokémon Go.

É esperado que, em 2020, as receitas continuem aumentando em até 5%, e que os lucros superem a casa de US$ 125 bilhões. Por outro lado, a audiência dos vídeos com conteúdos dos games alcançou a marca de 944 milhões de espectadores, 5% a mais do que os números alcançados no ano passado.

Conclusão: a indústria dos videogames vai continuar a cobrar o protagonismo do mundo do entretenimento em 2020, se mantendo na frente dos cinemas (que continuam cobrando pipoca e refrigerante com valores mais caros que os ingressos).


Compartilhe