A IBM acaba de lançar uma tecnologia que identifica a veracidade de um produto, onde a inteligência artificial e o blockchain dissipam as dúvidas sobre a procedência de um elemento.

O Crypto Anchor Verifier se vale da IA para analisar padrões óticos que são únicos para cada objeto ou substância. Muitos desses padrões não são perceptíveis a olho nu, mas podem servir para (por exemplo) diferenciar um elemento orgânico de um geneticamente modificado.

O desenvolvimento é feito em um potente analisador ótico portátil, pequeno o suficiente para ser integrado na câmera do celular. Cada objeto tem o seu padrão ótico único, e as técnicas de IA e aprendizagem automática incluídas nas redes neuronais e análise de vídeo são fundamentais no reconhecimento das características óticas de uma substância, incluindo cor, movimento, viscosidade e saturação.

A tecnologia blockchain complementa a análise, registrando as assinaturas dos produtos. É possível capturar a assinatura ótica de um item original, e depois registrá-lo na cadeia de blocos, que pode verificar em toda a cadeia de fornecimento.

Por exemplo: com isso, podemos rastrear uma garrafa de vinho do momento em que ela sai da adega, acompanhando o processo de distribuição, até a compra pelo cliente, confirmando assim que o vinho em questão é original.

 

 

 

Via IBM