Wetten.com Brasil Apostas
Home » Smartphones » Huawei Y8s marca a volta dos serviços do Google na Huawei

Huawei Y8s marca a volta dos serviços do Google na Huawei

Compartilhe

Adivinha quem voltou para a Huawei? Isso mesmo: os serviços do Google!

Tá, o Huawei Y8s deixa uma sensação de “déjà vu” por ser na prática um relançamento do Huawei Y9 2019, e nem deveria chamar a atenção da maioria dos leitores por ser um smartphone de linha média que não se diferencia tanto da concorrência por suas características.

Porém, o principal destaque do modelo nesse primeiro momento é por marcar a volta dos Serviços do Google em um dispositivo da Huawei. Esse pode ser um sinal que, no futuro, os modelos mais potentes da marca podem voltar a receber apps importantes como Gmail, YouTube, Google Mapas e, principalmente, da Google Play Store.

Ainda é cedo para dizer se isso vai acontecer, e nem é legal ficar criando expectativas sobre o assunto. Por isso, nesse post, vou me limitar a comentar de forma breve as principais características do produto.

 

 

 

Mais do mesmo

 

 

Eu poderia resumir esse post da seguinte maneira: se você conhece o Huawei Y9 2019, você conhece o Huawei Y8s. E encerrar o assunto por aqui. Mas como precisamos de um artigo de pelo menos 500 palavras para uma melhor posição nos buscadores do Google…

O Huawei Y8s só recebeu as mudanças necessárias para manter a certificação do Google e, dessa forma, contar com os seus serviços e aplicativos pré-instalados no dispositivo. Por enquanto, ele chega ao mundo com o Android 9 Pie, mas é mais que provável que receba a atualização para a EMUI 10.

Seu design é o mesmo do Huawei Y9 2019, com um notch duplo para as câmeras frontais (8 MP + 2 MP). Você pode ficar um pouco decepcionado com esse detalhe, mas querer furo duplo na tela de um smartphone de linha média ainda é pedir demais nesse momento (alguns fabricantes já adotaram o furo de câmera simples nos dispositivos intermediários, mas não o furo de câmera dupla).

 

 

Em compensação, o sensor principal da câmera traseira aumentou (e muito) para 48 MP, e vem acompanhado de um sensor adicional de 2 MP para o modo retrato. Agora, esses sensores estão envolvidos em um módulo, se alinhando com a tendência de design de 2020.

Não dá para pedir mudanças mais sensíveis no design do Huawei Y8s em relação ao modelo anterior, pois a ideia aqui é reduzir custos. E a Apple deixou como lição no iPhone SE 2020 que a melhor forma para baratear um novo telefone é usando a base de um modelo anterior.

Logo, as demais especificações ficaram inalteradas, onde nem mesmo a RAM e o armazenamento aumentaram a sua capacidade, ficando com 4 GB e 64 GB, respectivamente. O chip onipresente (na linha média do ano passado) Kirin 710 está presente, trabalhando com esse hardware.

O leitor de digitais fica na parte traseira do dispositivo, e sua bateria de 4.000 mAh conta com um carregador padrão de 10W. Nem mesmo o conector microUSB foi atualizado, o que basicamente impede o uso de um modo de recarga mais rápida (pelo menos no telefone, pois poderia ao menos colocar um carregador mais potente no kit de venda). Completa o conjunto técnico o LTE, o WiFi 4 e o Bluetooth 4.2.

 

 

 

Huawei Y8s: vale a pena?

 

 

É a pergunta que o amigo leitor deve se fazer nesse momento. Vale mesmo a pena correr atrás do Huawei Y8s? Só por causa dos apps e serviços do Google?

Sendo bem sincero: existem opções mais completas no mercado nacional e, provavelmente, com preços similares ou só um pouco mais caros. Não dá para estimar exatamente quanto a brincadeira vai custar aqui, pois a Huawei não revelou o preço ou a data de disponibilidade do Huawei Y8s.

 

 

Via Huawei


Compartilhe