Compartilhe

A Huawei apresentou oficialmente o Huawei X GENTMONSTER EYEWEAR, um óculos de sol conectado desenvolvido em parceria com a Gentle Monster que integram antena, bateria e outros componentes eletrônicos, mas sem abrir mão do design.

A proposta é que ele se passe como óculos de sol normais, sem eletrônica, diferente de modelos smartglasses, no estilo do Google Glass ou o Spetacles do Snapchat.

 

 

O mistério está lançado

 

 

As funcionalidades específicas do Huawei X GENTMONSTER EYEWEAR ainda serão reveladas, e não sabemos exatamente o que foi apresentado hoje pela Huawei. O que vimos hoje? Que podemos interagir com eles com um duplo toque em um dos pés do óculos e por voz, de modo que podemos ler (por exemplo) a agenda do dia.

Isso é possível graças ao sistema de alto-falantes estéreo e ao microfone duplo integrados, onde os primeiros contam com saída direcionada ao canal auditivo. Um módulo de carga, uma antena dupla e a bateria estão integrados ao longo do pé do óculos.

Os módulos de carga são a superfície que faz contato com o case especial que também engana nas aparências, já que aglutinam um sistema de carga sem fio que funciona por NFC.

 

 

Um Spetacles mais complexo ou um Google Glass mais simples?

 

 

Isso é tudo o que a Huawei confirmou até agora. Que tem óculos com eletrônica, antena dupla, microfones com cancelamento de ruído e som estéreo. Não sabemos qual é o processador, a capacidade de bateria e a autonomia do dispositivo. Mas o mais intrigante são as funcionalidades e como veremos tudo através do óculos, principalmente com essa ideia de ‘levar a inteligência artificial no seu rosto’.

Não foram mencionadas telas, ou seja, o usuário não vê nada através das lentes. Deixar o dispositivo mais tecnológico não significa abraçar todas as tendências da moda e da estética e, pelo menos por enquanto, eles só são óculos de sol comuns (aparentemente um pouco maiores). Veremos se no final os óculos inteligentes com funções avançadas que protegem os nossos olhos agregam valor no nosso dia a dia.


Compartilhe