Compartilhe

Finalmente! Um tablet Android que não foi lançado pela Samsung! A Huawei apresentou o Huawei MatePad Pro (2020), modelo top de linha com tela de 10.8 polegadas, tela com furo para câmera, processador Kirin 990 e conectividade 5G.

Porém, o que mais impressiona é o fato desse dispositivo impulsionar a sua Huawei Mobile Services Core (HMS) e a App Galler, loja de aplicativos própria, para combater o bloqueio de Trump (e a ausência dos aplicativos da Google Play). E que com que o dispositivo renova o mercado em diferentes frentes.

 

 

 

Com caneta, sincronização e um novo sistema multi-tela

 

 

O Huawei MatePad Pro (2020) conta com um processador Kirin 990, trabalhando com até 8 GB de RAM e bateria de 7.250 mAh. Sua tela IPS de 10.8 polegadas (2K, 2560 x 1080 pixels) está encaixada em uma moldura de apenas 4.3 mm, quase a metade do que encontramos nos rivais como iPad Pro e Galaxy Tab S6.

No software, o Huawei MatePad Pro (2020) recebe o Android 10 + EMUI 10 + App Gallery, além de incorporar uma série de ferramentas adaptadas para o formato de tablet.

O Google abandonou os tablets Android, e aposta no Chrome OS para dispositivos com telas maiores. Porém, o Huawei MatePad Pro (2020) é um tablet Android top de linha, tentando convencer que este é um sistema operacional completo o suficiente para competir com outros sistemas de desktops.

 

 

Para isso, a Huawei está promovendo o seu kit de desenvolvimento totalmente aberto, para que desenvolvedores possam trabalhar com recursos próprios do dispositivo, como por exemplo o sistema multi-tela personalizado.

Uma das novidades da EMUI 10 é a possibilidade de reproduzir a tela do smartphone no tablet. Outra novidade é o Huawei App Multiplier, que é o já citado sistema multitarefa proprietário, onde podemos modificar a largura da janela, no melhor estilo iPad Pro. Mais de 3.000 aplicativos suportam o novo recurso.

Com o Huawei MatePad Pro (2020), você também pode controlar o seu smartphone a partir do tablet, arrastando e soltando itens entre os dispositivos. São recursos intuitivos que o fabricante adicionou em sua capa de personalização, e que o Android infelizmente não oferece.

Além disso, o Huawei MatePad Pro (2020) incorpora a M Pen, uma caneta digital para escrever no tablet com recarga sem fio a partir da borda do dispositivo, no melhor estilo iPad.

 

 

 

Versões e preço do Huawei MatePad Pro (2020)

 

O Huawei MatePad Pro (2020) será lançado globalmente a partir de abril, e a seguir temos os preços oficiais com as suas diferentes versões:

Huawei MatePad Pro (2020) (6/128GB) WiFi: 549 euros
Huawei MatePad Pro (2020) (8/256GB) WiFi: 649 euros
Huawei MatePad Pro (2020) (8/256GB) WiFi, caneta M, acabamento em couro: 749 euros
Huawei MatePad Pro (2020) (6/128GB) LTE: 599 euros
Huawei MatePad Pro (2020) (256GB) LTE: 699 euros

 

 

 

Huawei MatePad Pro (2020); especificações técicas

DIMENSÕES E PESO246 x 159 mm x 7,2 mm 460 gramas
TELAIpS/LCD 10,8 polegadas QHD+ Resolução (2.560 x 1.600 pixels)

Formato 16:10 Densidade 280 pixels por polegada DCI-P3

PROCESSADORKirin 990

Mali-G76

RAM6/8 GB
ARMAZENAMENTO INTERNO128/256 GB expansível com Cartões NM
CÂMERA TRASEIRA13 MP f/1.8
CÂMERA FRONTAL8 MP f/2.0
BATERIACarga sem fio, recarga rápida
7,250mAh carga sem fio de 15W carga sem fio reversa 7.5W
SISTEMA OPERACIONALEMUI 10 baseado no Android 10
CONECTIVIDADE4G/5G (opcional)

WiFi

ac Bluetooth 5.1 USB Type-C

OUTROSCompatibilidade com M-Pen
PREÇOa partir de 549 euros

 


Compartilhe