Compartilhe

A HP segue apostando no mercado de computadores em formato de mochila voltados para a realidade virtual, e apresentou na Computex 2019 o HP VR Backpack G2, que mantém a essência do produto original, mas não mais ficando sob a marca Omen, permitindo agora o seu uso como um PC de escritório através de um dock.

 

 

HP VR Backpack G2: Principais Características

 

 

O novo HP VR Backpack G2 não reinventa o seu formato, mas entrega uma boa atualização para quem quer aproveitar da realidade virtual sem cabos. A HP não revela detalhes sobre a duração das baterias quando se usa o computador-mochila em formato portátil, mas destacam que o produto é perfeito para “locais de entretenimento multiuso, ambientes arquitetônicos e simulações de design”.

No seu interior, encontramos um processador Intel Core i7 de oitava geração e uma GPU NVIDIA RTX 2080, que entrega 30% a mais de desempenho e 25% a mais de velocidade gráfica em relação à geração anterior do computador-mochila.

O HP VR Backpack G2 integra um dock para se conectar ao monitor (não incluído no dock de venda), que transforma a mochila em um atraente PC desktop com iluminação LED.

A HP afirma que mudou a localização das baterias para as laterais na parte inferior do produto, para que o mesmo ficasse mais cômodo, além de garantir que agora o processo de montagem do computador está mais simples, com a sua limpeza facilitada em caso de locais onde oferecem experiências públicas de realidade virtual.

 

 

O HP VR Backpack G2 não tem uma data definida para o seu lançamento, mas a HP promete entregar as primeiras unidades no mercado internacional durante o verão do hemisfério norte. O seu preço inicial sugerido é de US$ 3.299.

Um produto com objetivos bem específicos: atender aos usuários que buscam uma melhor experiência com a realidade virtual, com maior liberdade para esse tipo de experiência, além de uma maior versatilidade para um uso como computador tradicional (quando assim precisar dele).

 

Via HP


Compartilhe