Compartilhe

A Honor apresentou hoje (21) a sua nova família de smartphones HONOR 20. Nesse post, vamos dar destaque para o HONOR 20 Pro, o modelo mais completo da série. Ele compartilha algumas das características do Huawei P30 Pro, mas com algumas restrições típicas da marca de “segunda divisão” da Huawei.

 

 

Hologramas na parte traseira e furos na tela

 

 

O modelo possui um design holográfico, que é chamativo para os mais jovens. O acabamento recebe a tecnologia Triple 3D Mesh da Honor, que cria uma capa de profundidade utilizando nano tecnologia e acabamento com capas de vidro, cor e profundidade. Assim, conforme a luz passa pelos prismas da capa de profundidade, ele se reflete e cria a refração em todas as direções.

O HONOR 20 Pro possui uma tela de 6.26 polegadas, com um furo de 4.5 mm para a câmera frontal, entregando 91.7% de relação tela/corpo (o leitor de digitais fica na lateral do seu corpo, e não na tela).

 

 

Câmera traseira quádrupla, e uma abertura focal recorde

 

 

O HONOR 20 Pro conta com um novo sensor principal de 48 MP que já estava no modelo View 20, mas acompanhado de um sistema de sensores quádruplos com a presença do quarto sensor ToF (Time of Flight).

O esquema completo da câmera traseira é composto pelo sensor principal de 48 MP (Sony IMX586 de 1/2 polegadas, com o novo modo alcançado de Ultra Claridade, OIS, EIS, AIS) + 16 MP (grande angular de 117 graus) + 8 MP (teleobjetiva, com zoom ótico de 3x, zoom híbrido de 5x e zoom digital de 30x) + 2 MP (objetiva para macros, com OIS).

A lente principal tem a maior abertura focal do mercado, com f/1.4, entregando imagens mais luminosas inclusive em cenários com pouca luz, aproveitando também de algoritmos melhorados e modos específicos com AI que prometem fotos noturnas com maior dose de brilho. O sensor de 48 MP combinados com os componentes de processamento buscam oferecer imagens com alto nível de detalhes.

 

 

Jogos no desempenho máximo e durante horas

 

 

A forma em L assimétrica das quatro lentes deixou espaço para o HONOR 20 Pro receber uma bateria de 4.000 mAh, que promete uma autonomia de uso ininterrupta por um dia, além de recarga rápida de 22,5 W (50% de carga em 30 minutos).

É um uso que se encaixa com as exigências dos videogames e para um desempenho máximo em um dispositivo com processador Kirin 980, GPU avançada e 8 GB de RAM. Para evitar o superaquecimento, foi integrada uma tecnologia de lâmina de esfriamento de grafeno, controlando o calor de forma mais eficiente e mantendo o melhor desempenho sempre.

Aqui, o modo GPU Turbo 3.0 está de volta, oferecendo uma experiência visual e tátil melhorada nos jogos com um maior desempenho. A Honor fechou parceria com pelo menos 25 jogos móveis que são compatíveis com esse modo, incluindo Fortnite, PUBG e Arena of Valor.

O smartphone conta com a interface Magic UI e algumas outras particularidades, como a função Virtual 9.1 com a tecnologia da Histen 6.0, que entrega um som mais envolvente. É compatível com a maioria dos tipos de fones de ouvido (com ou sem fio), contando ainda com um microfone duplo incorporado com redução de ruído.

 

 

O HONOR 20 Pro tem preço sugerido de 599 euros, na configuração 8 GB RAM + 256 GB. Diante da situação atual da Huawei, não dá para saber quando (e se) esse modelo vai chegar ao Brasil. Uma edição especial, a HONOR 20 Pro Moschino Edition também foi anunciada, com as cores preto e dourado, tema de interface de usuário estilizada e um case para o telefone. O preço dessa edição especial não foi anunciado.

 


Compartilhe