PS4

Os hackers trabalham sem cessar até conseguir violar a segurança de uma plataforma. E foi isso o que aconteceu recentemente com o PS4.

O hack atual permite a execução de softwares não assinados, ou homebrew. Mas também permite utilizar uma das funções ‘ocultas’ do sistema, como o emulador do PlayStation 2, que permite rodar os jogos do console disponíveis na PS Store.

Porém, o hack abriu a porta para rodar jogos do PS2 que não necessariamente são vendidos de forma digital pela Sony, precisamente graças a combinação do emulador + o PS4HEN, software que permite todas essas mágicas.

Antes de você pular de alegria, há um PEQUENO grande porém: a falha de segurança que permite ‘desbloquear’ o console só está disponível no firmware 4.05. Essa versão foi lançada em outubro de 2016, e ficou obsoleta um mês depois, o que reduz consideravelmente as chances de explorar tal vulnerabilidade.

Fato é que esse hack do PS4 mostra que o console pode sim ser violado, mas não por muito tempo ou muito além do que já vimos. O fato de rodar em um firmware muito antigo não tem muito impacto, especialmente quando muitos dos jogos mais novos com conexão à internet precisam estar constantemente atualizados e rodando com as últimas versões do firmware do console.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o PS4 é desbloqueado. Em 2015, outro modder encontrou uma falha de segurança que oferecia acesso direto à RAM no firmware 1.76, mas ficou nisso. Pelo menos agora os hackers conseguiram rodar jogos do PS2.

A Sony ainda não se pronunciou sobre o assunto.

 

 

 

Via Digital Foundry