Você está achando o novo iPhone XS muito caro? Pois é, eu te entendo. Mas muito provavelmente a Apple vai olhar para a nossa cara e dizer “a culpa não é nossa por você ser pobre”. Porém… sempre tem um porém…

Nem sempre a justificativa é a falta de grana. Tem gente que acha que o preço cobrado por um iPhone não se justifica, por não entregar uma relação custo-benefício vantajosa. Ou seja, gasta-se muito para obter tão pouco.

Pois bem, independente dos seus argumentos, ao menos um método “alternativo” pode fazer repensar a sua decisão em não comprar um novo iPhone XS.

O engenheiro informático taiwanês Chang Chi-Yuan, que já tem um histórico com esse tipo de mágica econômica, compartilhou em seu Facebook uma vulnerabilidade no aplicativo da Apple Store, o que permitiu que ele comprasse 500 unidades de dispositivos da gigante de Cupertino (iPhone 8 Plus e 2 iPhone XS Max), por apenas 3 centavos de euro.

 

 

No mundo real, uma compra com essa custaria em torno de US$ 500 mil, ou 470 mil euros. O sonho de muitos revendedores de dispositivos eletrônicos é se deparar com uma falha como essa, apenas pelo lucro fácil.

Mas o nosso protagonista decidiu cancelar a compra, por um motivo bem óbvio: a Apple ia descobrir a falha (ou a trapaça). Mas se o processo fosse realizado com um número maior de dispositivos e com um volume de compras considerado normal, ele passaria desapercebido.

Com certeza a Apple já está trabalhando para corrigir essa vulnerabilidade, e por motivos óbvios o hacker não compartilhou o seu método. Porém, ele garante que o truque funciona.

Vale lembrar aos mais inescrupulosos que, apesar de tal método parecer algo maravilhoso para obter novos dispositivos pela lei do menor esforço, essa estratégia não é das mais inteligentes.

A maioria dos fabricantes de dispositivos de tecnologia pode bloquear os gadgets remotamente, deixando o produto inutilizável para o uso ou eventual revenda.