Google vai complicar a vida dos bloqueadores de anúncios no Chrome | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Google vai complicar a vida dos bloqueadores de anúncios no Chrome | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Google vai complicar a vida dos bloqueadores de anúncios no Chrome

Google vai complicar a vida dos bloqueadores de anúncios no Chrome

Compartilhe

O Google prepara mudanças importantes no código do Chrome, que vai afetar diretamente as extensões que bloqueiam a publicidade em sites web. As mudanças, que foram reveladas em seu Manifest V3, modificam a API que usam serviços como o uBlock Origin para detectar as petições que são realizadas em um site e bloquear as que procedem de serviços publicitários.

Com o objetivo (para alguns, argumento) em melhorar a privacidade, a segurança e o desempenho do seu navegador, o Google decidiu restringir as funções de bloqueio do webRequest, e vai substituir pelo DeclarativeNetRequest, onde será o Google quem vai decidir as petições que serão bloqueadas ou não. Na prática, isso deve fazer com que bloqueadores ‘simples’ como o Adblock Plus vão continuar a funcionar, mas o uBlock Origin e similares terão a vida bem mais complicada.

 

 

Nada é por acaso, não existe almoço grátis e o Google ganha com isso

 

Diante da polêmica que apareceu com o anúncio das mudanças, o Google se apressou em garantir que só vai modificar as capacidades de bloqueio da API webRequest no Manifest V3, e não a API webRequest inteira (ainda que o bloqueio esteja disponível para as versões empresariais).

Além disso, o Google esclarece que vai aumentar o número de regras que a nova API vai receber para acima das 30.000, um número considerado insuficiente para os desenvolvedores, enfatizando que será depois de realizar testes de desempenho que será permitido determinar qual número é o adequado para as novas versões do navegador.

Em resumo: o Google conta meias verdades nesse caso.

Por que restringir a API apenas para usuários não empresariais? Não são justamente esses usuários que contam com maiores necessidades de desempenho, segurança e privacidade?

E um último detalhe que pode ajudar aos mais leigos a entender o que o Google quer com essa mudança: bloqueando o DeclarativeNetRequest, a empres apode compilar dados sobre o que os usuários bloqueiam para alimentar a sua solução própria de publicidade.

Como você pode ver, nada acontece por acaso. E o Google não dá ponto sem nó.

 

Via Android Police


Compartilhe