Compartilhe

De novo. Por causa da audiência rotativa.

O Google Stadia está prestes a estrear, e chegou a hora de revisar os pontos de maior destaque sobre o serviço. O básico foi conhecido em março, no evento Stadia Connect. Mas agora sabemos quais são os jogos e todos os detalhes de um serviço que promete revolucionar o mundo dos videogames, sendo um forte candidato a ser a Netflix dos games.

 

 

Como funciona?

 

 

É bom deixar isso claro logo de cara: o Google Stadia não é um console. É uma plataforma de games por streaming. Você pode rodar os jogos em diferentes dispositivos e com uma experiência similar ao do console, com a diferença que os jogos estão na nuvem, usando a poderosa infraestrutura do Google.

Ou seja, muitos dispositivos de hardware podem rodar os jogos, que contam com acesso universal e sem depender de um sistema operacional, um console ou um computador em específico. E tudo isso, permitindo a troca de dispositivo para continuar o jogo, o cross-play entre diferentes plataformas e outras funcionalidades.

 

 

Quais são os dispositivos compatíveis?

 

 

No futuro, o Google Stadia deve ser compatível com qualquer dispositivo com o Chrome. Nesse momento, ele está limitado ao uso do Chromecast Ultra e os smartphones Pixel 3 e 3a do Google. Em dispositivos com Android M ou iOS 11 ou superior, basta ter o app do Stadia para funcionar. De forma adicional, o Google oferece um controle para o Stadia por 69 euros.

 

 

Por outro lado, a conexão de internet tem um peso maior, e pode influenciar no futuro dos dispositivos compatíveis. O Google recomenda uma conexão mínima de 10 Mbps de download e 1 Mbps de upload, mas leve em consideração que seu potencial máximo é entregar imagens de 1080p HDR a 60 fps e som 5.1. Para isso, você precisa de, no mínimo, 20 Mbps. Para os jogos em 4K, são necessários entre 30 e 35 Mbps de download.

Por fim, a potência da infraestrutura do Stadia é de 10.7 teraflops, mais que o PlayStation 4 e Xbox One X juntas.

 

 

Quais são os planos de assinatura e os preços?

São dois modelos de assinatura: Stadia Pro e Stadia Base. E são dois planos bem diferentes.

O Stadia Pro estreia em novembro. Custa US$ 9,99 e oferece acesso a alguns jogos em 4K a 60 fps. Já o Stadia Base será gratuito, mas só chega em 2020, com o streaming limitado a 1080p, e os jogos devem ser comprados individualmente.

No Stadia Pro, a assinatura contemplam alguns jogos incluídos no plano, mas os usuários devem comprar os demais jogos de forma individual, com alguns descontos prometidos pelo Google.

O Google apresentou recentemente o Founder’s Edition, pacote que inclui o controle do Stadia em cor azul escuro especial, um Chromecast Ultra, assinatura de 3 meses do Stadia Pro e o jogo Destiny 2, por US$ 129.

 

 

Qual é o catálogo de jogos?

 

 

O Google Stadia terá um catálogo inicial de aproximadamente 30 jogos, com destaque para títulos de empresas como 2K Games, Square Enix ou Ubisoft. A seguir, a lista completa de jogos:

Destiny 2
Baldur’s Gate 3
Gylt
Get Packed
Tom Clancy’s Ghost Recon Breakpoint
The Division 2
Assassin’s Creed Odyssey
DOOM
NBA 2K19
Tomb Raider
Rise of the Tomb Raider
Shadow of the Tomb Raider
Darksiders Genesis
Dragon Ball Xenoverse 2
Wolfenstein: Youngblood
Power Rangers: Battle For The Grid
Metro Exodus
Thumper
GRID
SAMURAI SHODOWN
Football Manager 2020
The Elder Scrolls Online
The Crew 2
Trials Rising
Borderlands 3
Farming Simulator 19
Mortal Kombat 11
Rage 2
FINAL FANTASY XV
Just Dance 2020


Compartilhe