Compartilhe

O Google decidiu entrar de vez no mundo dos videogames, apresentando ao mundo uma nova foram de jogar. A Stadia é o mais novo produto da gigante de Mountain View, e foi apresentada oficialmente na Game Developer Conference 2019.

A nova e ambiciosa plataforma do Google dedicada aos videogames não se baseia em um console, tem como objetivo final oferecer a possibilidade do gamer jogar em qualquer dispositivo ou lugar.

 

 

Videogames sem consoles ou downloads

 

 

A Stadia quer ser uma plataforma centrada nos jogadores, inspirada por desenvolvedores e amplificada pelos criadores de conteúdo no YouTube. Ou seja, o Google quer abraçar todos os elementos dessa equação na sua nova proposta.

A partir da plataforma de vídeos será possível jogar um game de forma imediata, após ver o trailer do jogo, por exemplo. Basta clicar um botão, e em cinco segundos estamos jogando o game. Isso seria possível com a potência da nuvem dessa plataforma.

Traduzindo: você não precisaria mais de um console. Nem mesmo de um dispositivo específico para usar o Stadia. A plataforma foi desenvolvida para funcionar em qualquer dispositivo (PC, smartphones Android, Google Chromecast, etc). O que você vai precisar é comprar um controle específico para esse serviço.

 

 

É esse controle que conta com um botão para captura de imagens e conteúdos do jogo, que podemo ser compartilhados em um momento posterior. Também possui um botão que chama o Google Assistente para controlar diferentes funções do Stadia. O controle vai se conectar diretamente em nossa rede WiFi e então nos servidores do Google para garantir uma latência mínima.

A ideia é poder executar uma seleção de jogos disponíveis para PC a partir dos servidores do Google. Tudo será transmitido pela rede, passando pelos centros de dados de baixa latência da gigante de Mountain View.

O Stadia entrega imagens em resolução máxima de 4K HDR a 60 FPS em uma conexão de 25 Mbps. O Google promete que, no futuro, a resolução pode alcançar o 8K a 120 FPS. Tudo isso passa pelo poder de processamento gráfico de até 10.7 TeraFLOPS da plataforma.

 

 

A ideia é poder rodar uma seleção de jogos disponíveis para PC a partir dos servidores do Google. Na apresentação, foram feitas demonstrações de jogos como Assassin’s Creed e DOOM Eternal. Todos foram transmitidos através do centro de dados de baixa latência em Mountain View, que deve garantir uma experiência de jogo otimizada.

O Stadia tem lançamento previsto ainda para 2019 nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Europa. Não há previsão de lançamento para outros mercados.

 


Compartilhe