Vazou praticamente tudo.

Fontes russas publicaram uma série de imagens reais do Google Pixel 3 XL, que é visto em todos os ângulos possíveis e imagináveis, com uma riqueza de detalhes.

O notch chega aos smartphones Google Pixel. O Google Pixel 3 XL aposta no formato de tela 19:9, o que justifica o elemento no melhor estilo iPhone X, mas um pouco mais curto.

 

 

O design arredondado da atual geração está mantido, assim como o acabamento em metal e cristal. Uma única câmera traseira acompanhada de um leitor de digitais, descartando assim os rumores de um leitor de digitais na tela e a câmera dupla traseira.

O motivo para a Google ainda apostar em apenas uma câmera traseira é bem simples: o Pixel Visual Core de nova geração, novo chip integrado que melhora as capacidades fotográficas e de vídeo no smartphone.

 

 

Agora, temos uma boa ideia do que esperar do dispositivo. Suas características de hardware ainda não são oficiais, mas aqui temos um resumo do que foi dito nos últimos meses:

– Tela P-OLED de 6.2 polegadas (19:9, 3120 x 1440 pixels)
– Processador Snapdragon 845 octa-core Kyro 300
– GPU Adreno 630
– 6 GB de RAM
– 64 GB ou 128 GB de armazenamento
– Câmera traseira de 12 MP, câmera frontal dupla de 8 MP + 8 MP (uma delas atuando como sensor de profundidade)
– Certificação IP67 (resistência a água e poeira)
– Android Pie

 

 

A câmera frontal dupla pode indicar a presença de um sistema de reconhecimento facial avançado. E, no geral, não há muito o que se destacar sobre o Google Pixel 3 XL, que é muito semelhante ao que encontramos nos dispositivos top de linha lançados ao longo de 2018. O design não mudou muito e não tivemos muitos avanços. Seguiu o fluxo de todo um setor.

Preços e data de apresentação oficial ainda são um mistério, mas sua apresentação deve acontecer em algum momento do mês de outubro, com o mesmo preço ou um pouco superior ao Google Pixel 2 XL, algo entre US$ 849 e US$ 899.