Os novos smartphones de linha média Pixel 3a e Pixel 3a XL foram anunciados oficialmente na conferência para desenvolvedores Google I/O 2019. São modelos com especificações mais modestas, tal e como já era esperado, mas mantendo a excelente câmera dos modelos maiores. Por causa disso, o preço final dos dois telefones caiu consideravelmente.

Um dos fatores mais relevantes para a maioria dos consumidores e usuários de smartphones na hora de escolher um produto é o preço. Todo mundo quer a melhor relação custo/benefício, e o Google sabe disso. E aposta nesse fator para popularizar os seus novos dispositivos de linha média.

Para convencer aos usuários dos Estados Unidos a apostar no novo, o Google está oferecendo descontos agressivos ou até mesmo o custo zero para aqueles que estão dispostos a entregar os seus dispositivos top de linha de marcas concorrentes como Samsung, LG, Huawei ou Motorola pelos novos Pixel 3a e Pixel 3a XL.

 

 

US$ 600 por um iPhone XS Max. Você aceita?

 

 

 

Ainda que pareça pouco provável que alguém que hoje tem nas mãos um caríssimo iPhone XS Max queira trocar esse telefone por um Android de linha média, o valor estimado pelo Google para esse modelo é de US$ 600, o que dá para cobrir os custos de um Pixel 3a XL e mais alguma coisa. Para a maioria dos smartphones hoje disponíveis no mercado, o Google acaba pagando para o usuário aproximadamente US$ 200, sempre e quando o seu telefone está em boas condições.

Um cenário bem mais provável e plausível é que um usuário queira se desfazer de um modelo mais antigo (e que não vai receber novas versões do sistema operacional em breve), como um iPhone 6. Nesse caso, o usuário pode receber US$ 250 por este modelo.

Para quem não tem um iPhone, o Google também aceita dispositivos de outros fabricantes Android em bom estado. Para um Samsung Galaxy S9+, o valor pago é de US$ 300, e por um LG V30, pouco mais de US$ 100 (para você ver como até nos EUA a desvalorização dos smartphones Android é forte).