Wetten.com Brasil Apostas
Home » Software » Google Meet agora é de graça para todos

Google Meet agora é de graça para todos

Compartilhe

A competição entre os aplicativos de chamadas de vídeo em grupo continua, e se torna cada vez mais acirrada. O segmento ganhou relevância com o isolamento social que meio mundo está vivendo nesse momento, e todos os principais protagonistas do setor querem a sua fatia do bolo.

O Zoom fez com que todos os apps dentro do segmento se movimentassem para oferecer mais recursos para os usuários, na tentativa de deixar suas alternativas mais atraentes. Recentemente, o Facebook apresentou o Meetings, que amplia as possibilidades da chamadas de vídeo em grupo na rede social mais popular do mundo. Agora, é o Google que realiza o seu movimento, tornando o Google Meet gratuito para todos.

O Google Meet é um aplicativo de chamadas de vídeo em grupo, e até agora só permitia o seu uso para quem tinha uma conta no Google Suite, plataforma empresaria da gigante de Mountain View. Pois bem, isso muda a partir de agora: o aplicativo passa a ser oferecido de forma gratuita para qualquer usuário que possui uma conta do Gmail.

A partir do começo de maio, os usuários poderão utilizar o Google Meet simplesmente clicando no link da chamada de vídeo e entrando com a sua conta de e-mail habitual. Todos os recursos do aplicativo que estavam disponíveis para os profissionais com conta no Google Suite, ou para os usuários que fazem parte do ambiente educacional Google Classroom estarão disponíveis para os demais usuários, com uso livre.

 

 

 

Até 100 participantes em uma única chamada

 

 

Recursos como compartilhamento de tela, capturas de tela em tempo real ou visualização expandida estarão disponíveis nessa versão gratuita para todos do Google Meet. Por enquanto, não estarão disponíveis a criação de uma sala a partir do endereço meet.google.com, mas o recurso deve ser ativado para todos durante os próximos dias.

O Google Meet tem como um dos seus principais atrativos a possibilidade em receber até 100 participantes em uma mesma chamada de vídeo, podendo assim exibir até 16 participantes na tela ao mesmo tempo. Uma função adicionada na semana passada e que aproxima essa proposta com as demais soluções dentro do segmento que hoje estão em grande evidência, como por exemplo Zoom e Jitsi.

Outra novidade do Google Meet é o modo de baixa luminosidade, para compensar a pouca iluminação do ambiente de alguns participantes, e uma opção de cancelamento de ruído. Entre os recursos que o Google destaca para promover a plataforma está a possibilidade de silenciar e eliminar participantes de uma chamada que estão com um comportamento inconveniente, não permitir usuários anônimos, estabelecer chamadas de vídeo codificadas, não exigir o uso de plugins para funcionar e contar com aplicativos dedicados para smartphones (Android e iOS).

 

 

 

Google Meet de graça para todos… até 30 de setembro

 

 

Nem tudo é tão bonito assim nessa vida. A oferta de gratuidade do Google Meet tem limitações. O Google explica que a plataforma de chamadas em grupo estará disponível para todos os usuários com limitação de chamadas até 60 minutos na versão gratuita. A partir do dia 30 de setembro, esse limite cai, assim como a oferta de gratuidade de uso da plataforma: depois dessa data, quem quiser desbloquear todos os recursos do aplicativo deverá adquirir uma conta do Google Suite.

 

 

 

Via Google


Compartilhe