Google Lens

 

A Google apresentou durante a Google I/O 2017 a tecnologia do Google Lens, que reconhece e processa imagens apoiada na inteligência artificial e aprendizagem profunda, capturando e identificando tudo ao nosso redor em tempo real.

Por exemplo, se focamos um restaurante com a câmera, o Google Lens vai reconhecer o estabelecimento, mostrando uma série de informações sobre o mesmo, de forma imediata.

Além disso, o recurso deve funcionar sem problemas com vídeos, mas isso em um estágio mais avançado de seu desenvolvimento. É um conceito muito interessante e com uma bela margem de melhora, com uma evolução natural e progressiva.

O avanço para o reconhecimento de imagens e vídeos possui um papel fundamental na estratégia da Google no setor de inteligência artificial e de aprendizagem profunda, onde a empresa aposta em soluções que vão além do software.

 

 

Nesse sentido, vale destacar o anúncio da nova unidade TPU, uma solução especialmente desenvolvida para essa finalidade, que melhorou consideravelmente nos últimos tempos.

Com elas, é possível alcançar picos de desempenho de até 180 bilhões de operações por segundo, além de melhorar o desempenho em interferência e em aprendizagem (ou treinamento).

Essa nova tecnologia será acessível aos desenvolvedores via Google Cloud.

Não há previsão para o Google Lens chegar ao consumidor final.